P-47 Aviação e História

Última edição de jornal americano editado em Natal homenageou oficial brasileiro

Última edição de jornal americano editado em Natal homenageou oficial brasileiro

Sempre que se fala da presença norte-americana em Natal, no período da segunda guerra mundial, os nomes importantes falados são dos yankees, como se apenas eles tivessem relevância histórica. Contudo, muitos brasileiros importantes passaram por aqui e um deles foi o major José Venturelli Sobrinho.

Na última edição do jornal americano editado em Parnamirim Field, em janeiro de 1946, denominado como The SATD Weekly Post, o major é citado como um importante elo entre o Brasil e os Estados Unidos, com direito a um artigo dedicado a sua função de ligação.

Na legeda da foto, o autor do texto o descreve como: Major Venturelli Sobrino é do Estado Maior do Exército Brasileiro, em Natal. Como muitos, ele é um verdadeiro amigo dos norte americanos. Ele é líder e um excepcional oficial.

Em quase todos os relatos da época, Venturelli aparece como representante das forças armadas nas solenidades ou reuniões envolvendo o comando norte americano, em Natal, durante a guerra.

O major pertencia ao então 8º Regimento de Artilharia Montada (8º RAM), onde chegou a subcomandante e ainda oficial de inteligência, provavelmente, por sua fluência no inglês, alemão, italiano, espanhol e francês.

Após a guerra, chegou ao posto de general de brigada com importantes ações culturais para o Exército Brasileiro. Ele é apontado como o autor de mais de 50 canções e hinos das Forças Armadas, inclusive canção do 14º Grupamento de Artilharia e Campanha, da Escola de Sargentos das Armas (ESA) e do Regimento Sampaio, famoso na tomada de Monte Castelo, na Itália.

Sobrinho também era engenheiro civil, aviador, paraquedista, oficial de honra da Infantaria Brasileira e primeiro presidente e fundador da Academia Brasileira de Belas Artes (ABBA). Ele faleceu em 1981, aos 81 anos.

OFICIAL: Aeroporto de São Gonçalo do Amarante em processo de relicitação

OFICIAL: Aeroporto de São Gonçalo do Amarante em processo de relicitação

Aeroporto de São Gonçalo do Amarante foi inaugurado em 2014 para a Copa do Mundo (Foto: Pedro Vitorino)

O Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal, entrou oficialmente em processo de relicitação, de acordo com o decreto nº 10.472/2020, que dispõe sobre a qualificação do equipamento no âmbito do Programa de Parceriais de Investimentos da Presidência da República (PPI).

O documento assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e o minstro Paulo Guedes, revoga o decreto anterior, Nº 7.205/2010, o artigo 22 do decreto Nº 7.624/2011.

Segue texto na integra do decreto:

 

Presidência da República
Secretaria-Geral
Subchefia para Assuntos Jurídicos

DECRETO Nº 10.472, DE 24 DE AGOSTO DE 2020

 

Dispõe sobre a qualificação do Aeroporto Governador Aluízio Alves no âmbito do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República - PPI para fins de relicitação.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 84, caput, incisos IV e VI, alínea “a”, da Constituição, e tendo em vista o disposto no art. 4º da Lei nº 13.334, de 13 de setembro de 2016, no art. 2º da Lei nº 13.448, de 5 de junho de 2017, e na Resolução nº 122, de 10 de junho de 2020, do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República, 

DECRETA

Art. 1º  Fica qualificado, no âmbito do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República - PPI, o empreendimento público federal do setor aeroportuário Aeroporto Governador Aluízio Alves, localizado no Município de São Gonçalo do Amarante, Estado do Rio Grande do Norte, para fins de relicitação.

Art. 2º  A qualificação de que trata o art. 1º perderá sua eficácia e será considerada extinta para todos os efeitos na hipótese de o Termo Aditivo ao Contrato de Concessão do Aeroporto Governador Aluízio Alves, para fins de relicitação, não ser firmado no prazo de noventa dias, contado da data de publicação deste Decreto.

Art. 3º  Ficam revogados:

I - o Decreto nº 7.205, de 10 de junho de 2010; e

II - o artigo 22 do Decreto nº 7.624, de 22 de novembro de 2011.

Art. 4º  Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 24 de agosto de 2020; 199º da Independência e 132º da República. 

JAIR MESSIAS BOLSONARO
Paulo Guedes

 

Mais informações: https://legislacao.presidencia.gov.br/atos/?tipo=DEC&numero=10472&ano=2020&ato=e3eMTVE1UMZpWT513

 

 

Major da FAB é o primeiro piloto brasileiro a voar Gripen E na Suécia

Major da FAB é o primeiro piloto brasileiro a voar Gripen E na Suécia

O piloto da Força Aérea Brasileia (FAB), major Cristiano de Oliveira Peres, escreveu seu nome na história da aviação moderna do Brasil, ao se tornar o primeiro piloto do País a voar no caça Gripen E, que receberá a designição F-39 ao entrar em operação.

Para realizar o vôo, o piloto teve que passar por intensa preparação, se encontrando na Suécia desde de janeiro. Ele decolou do aeródromo da SAAB, empresa responsável pelo desenvolvimento do vetor, em Linköping, e sobrevoou o mar Báltico por aproximadamente 50 minutos. A atividade faz parte da verificação das qualidades de voo e pilotagem da aeronave.

Mais informações no site da FAB, clique aqui.

Nota do blog: Há uma grande expectativa que o Gripen realize seu primeiro voo sobre o Brasil ainda em 2020. A data mais provável seria o dia do aviador, em 23 de outubro, apesar da FAB não fornecer maiores detalhes.

Fotos: SAAB

[Foto] Cartão postal mostra sede da Panair do Brasil e Natal nos anos 1940

[Foto] Cartão postal mostra sede da Panair do Brasil e Natal nos anos 1940

Cartão postal de Natal nos anos 1940 (Fonte: Arcevo do autor)

O blog teve acesso a uma bela foto impressa em um cartão postal de 1944 que mostra a agência da Panair do Brasil ao lado do Grande Hotel, em Natal. A empresa chegou no Brasil em 1930 e foi fundamental para a infraestrutura norte-americana durante a segunda guerra, pois foi em seus aeroportos onde surgiram as bases militares.

Em 21 de novembro de 1938, a agência ocupou este prédio, na então Avenida Sachet, atual Avenida Duque de Caxias. Até então, a S. A. Wharthon Pedroza era o agente representante da empresa aérea em Natal, desde 1935.

Em 1º de outubro de 1939, o negócio cresceu e passou a contar com um anexo dentro do Grande Hotel, do outro lado da rua. Neste local funcionava uma espécie de guichê para compra de passagens.

Verso do cartão postal endereçado a "Yolanda" (Fonte: Arcevo do autor)

 

Visão atual da cena do cartão postal

FAB utiliza aeronaves A-29 e E-99 na interceptação de aviões com drogas

FAB utiliza aeronaves A-29 e E-99 na interceptação de aviões com drogas

A Força Aérea Brasileira (FAB) interceptou, em operações simultâneas, neste domingo (02), duas aeronaves classificadas como suspeitas, segundo informações de inteligência da Polícia Federal (PF), reforçando a capacidade de monitoramento e atuação na fronteira. As ações, realizadas em conjunto com a PF, envolveram quatro caças A-29 “Super Tucano” da FAB e um E-99, além de todo o Sistema de Defesa Aeroespacial Brasileiro (SISDABRA).

Na primeira ação, uma aeronave monomotor, modelo EMB-720 Minuano, foi interceptada a nordeste de Campo Grande (MS). O monomotor foi abordado por um A-29 e passou pelos procedimentos de averiguação e persuasão. A aeronave foi escoltada até o pouso obrigatório em Rondonópolis (MT), onde a Polícia Federal assumiu as ações. Os pilotos da aeronave foram presos em flagrante e 487 kg de cocaína foram apreendidos.

Na segunda ação, um bimotor B-58 Baron foi interceptado a sudoeste de Campo Grande (MS), sendo orientado a pousar em Três Lagoas (MS). O bimotor não cumpriu as determinações dos órgãos de Defesa Aérea e evadiu-se, realizando pouso forçado em campo não preparado, localizado em Invinhena (MS), com cerca de 518 kg de cocaína a bordo.

O Comandante de Operações Aeroespaciais, Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, classificou a operação como de extremo sucesso. "Atuamos em duas regiões do país, fazendo interceptações simultâneas. Comprovamos nossa capacidade de controlar múltiplas interceptações e o resultado não poderia ser melhor. Nós comprovamos que o nosso Sistema de Defesa Aeroespacial (SISDABRA) é capaz de desencadear operações simultâneas de defesa aérea onde quer que seja necessário", ressaltou.

As ações fazem parte da Operação Ostium para coibir ilícitos transfronteiriços, na qual atuam em conjunto a FAB e Órgãos de Segurança Pública, e em cumprimento ao Decreto nº 5.144 de 16 de julho de 2004.

Nota do Blog: No texto encaminhado à imprensa pela FAB, não fica claro que tipo de medida foi utilizada pelas aeronaves de ataque, nem se tiros de alerta foram disparados.

Fonte: CECOMSAER

Fotos: Sargento Bianca/CECOMSAER e Polícia Federal

 

 

 

[VÍDEO] Helicóptero do Corpo de Bombeiro do DF sofre acidente durante pouso

[VÍDEO] Helicóptero do Corpo de Bombeiro do DF sofre acidente durante pouso

Um helicóptero do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal sofreu acidente, na manhã desta quinta-feira (30), ao tentar pouso em uma área entre edificações. As informações são que não houve vítimas fatais. Um vídeo que circulou nas redes sociais mostra o exato momento em que a aeronave se choca contra o prédio, no momento da aproximação. Veja o vídeo.

Blogs


Clique aqui e receba nossas notícias gratuitamente!