No último post (clique aqui), chegamos a acreditar que o Liberator do VB-107, de número 32605, caiu no mar sem deixar vestígios. Contudo, um novo fato surgiu. Ao folhear o livro Fairwing Brazil, do fotógrafo americano John R. Harrison – o Jack – encontrei um dado muito importante sofre o acidente.

Veja o que diz a legenda da foto que está no livro:

“Infelizmente, os aviões da Marinha dos EUA nem sempre conseguiram evitar desastres no mar, o que, no caso dos Liberators PB4Y (B-24), causava a morte certa às tripulações, uma vez que os PB4Y não pousavam bem na água, especialmente quando perdiam potência.
Na foto I-65, tirada em 2 de janeiro de 1944, vemos os enormes salpicos na água resultantes do acidente com o VB 107-B-12 (PB4Y pilotado pelo tenente RT Johnson) no mar a cerca de 71 milhas antes de um retorno seguro à Ascensão de uma batalha com um furador do bloqueio alemão, o Wesserland.”

O Jack e o seu livro merecem uma postagem a parte, que ficará para o futuro. Eu indico a aquisição no livro, o qual foi lançado apenas nos EUA, mas é vendido no Brasil. Vou deixar um link aqui para aquisição.