Quem sobe ao palco da versão digital do Som da Mata deste domingo (24), às 16h30, é a sanfoneira potiguar Carol Benigno. Ela já tocou com o Quinteto Violado, Bando das Brenhas, Yrahn Barreto, Chico César, Fuxico de Feira, dentre outros. Aos 21 anos, celebra sua construção artística, que acumula influências diversas, desde os grandes mestres do forró tradicional à MPB, tango e outros gêneros.

Para esta apresentação, Carol Benigno convidou Pedro Freire (zabumba) e Nívea Maria (triângulo). O show é uma adaptação do seu recital de conclusão de curso na Licenciatura em Música da UFPB em que reuniu algumas de suas influências musicais, com vivências dentro e fora do curso. A apresentação é um passeio pelo universo sanfonístico, com toda a sua pluralidade estética e identitária.

O projeto Som da Mata acontece graças à renúncia fiscal da Prefeitura do Natal, através da Lei Djalma Maranhão, e do aporte financeiro da Unimed Natal, Arena das Dunas e Uniodonto RN, além do apoio do Governo do Estado, através do Idema e da Padaria Hora do Pão.

Show de Carol Benigno
Plataformas: Instagram (@somdamata) | Facebook (Som da Mata) | YouTube (Som da Mata)
Publicação: 24 de janeiro (domingo), às 16h30