Segundo os jornais da época, uma das testemunhas do acidente que vitimou o potiguar Augusto Severo e o mecânico Sachet, foi o pai da aviação, o brasileiro Alberto Santos Dumont. Ambos eram inventores e contemporâneos, o que rendeu troca de correspondências e uma certa rivalidade. Após o acidente, Santos Dumont enviou uma carta para os familiares de Severo.

Trecho reproduzido pelo jornal "A República", de 13 de maio de 1902 (Reprodução Arquivo Nacional)

Link Relacionado:

12 de maio de 1902 - A morte de Augusto Severo, "O Grande Brasileiro"