Turismo & Negócios

Cascudo lança "Combo Família" no Delivery

Seguindo a determinação do decreto 30419, dos governos estadual e municipal que visa ampliar as medidas de distanciamento social durante o pico da pandemia de covid-19, o Cascudo estará funcionando  exclusivamente com delivery até o próximo dia 03 de abril. Para esse período o chef Daniel Cavalcanti preparou algumas novidades como o "combo família", que serve de 4 a 5 pessoas e pode ser adquirido pelo site (www.cascudobistro.com.br) ou Whatsapp: (84) 99828.7007.

 

A  primeira opção é o combo frango (dadinhos de tapioca de entrada e como principal frango grelhado servido com molho de 4 queijos brasileiros, batatas crocantes e arroz com brócolis), no valor de R$ 155, acrescido de taxa de entrega.

 

A segunda é o combo filé, com dadinhos de tapioca de entrada e como principal filé brasileiro (servido com molho de queijos brasileiros e linguine na manteiga) ou filé 3 pimentas (com molho de três pimentas e risoto de queijo), no valor de R$ 199, mais taxa de entrega. 

 

O Cascudo ampliou ainda o número de pratos para duas pessoas. O menu inclui além das opções do combo familia em uma versão menor, o filé sabor potiguar; o risoto de filé ao funghi; risoto de camarão potiguar; camarão cascudo; moqueca de peixe, camarão ou mista; bacalhau Zé do Pipo, peixe cítrico,  risoto de bacalhau, bobô de camarão, paleta de cordeiro e polvo a lagareiro.

 

 

Image

-->

MP 1.036 amplia até final de 2022 o prazo para remarcações

MP 1.036 amplia até final de 2022 o prazo para remarcações e utilização de créditos de reservas canceladas/adiadas por conta da pandemia

 
Medida provisória 1.036 publicada pelo Governo Federal nesta quinta-feira prorroga os efeitos da Lei 14.046, de 24 de agosto de 2020, que passa a autorizar que viagens e serviços turísticos que ocorreriam até 31 de dezembro de 2021 e já foram ou venham a ser impactadas pela pandemia possam ser tratados com remarcações, ajustes de créditos ou reembolsos, quando cabíveis, até o final do ano de 2022.

A nova MP prorroga também até o final de dezembro de 2022 o prazo para que o consumidor utilize créditos adquiridos em renegociações de viagem já canceladas e que porventura não possam ainda ser utilizadas enquanto mantido o estado de pandemia.

A extensão dos efeitos da vigente Lei 14.046/20 traz necessário alívio para as agências de viagens, e continua tratando de todos os serviços turísticos intermediados que não estejam regulados por outra lei especial – caso das passagens aéreas contempladas pela Lei 14.034/2020 e ajustada pela Medida Provisória 1.024/20.

“Nosso pleito era para que as agências de viagens tivessem o fôlego necessário, pois estavam muito pressionadas com prazos de viagens de seus clientes vencendo e se encurtando demais, o que demandava negociações em série com fornecedores por prorrogações quase no escuro, na medida em que novas quarentenas, restrições e serviços limitados nos destinos nos deixavam sem opções”, conta a presidente da ABAV Nacional, Magda Nassar.

Importante lembrar que a nova MP mantém a regra estabelecida na Lei 14.046/2020, de  que tanto nos casos de crédito a ser disponibilizado, quanto nos casos em que seja cabível o reembolso, serão deduzidos, sempre, os valores referentes ao serviços de agenciamento e intermediação já prestados, conquista particularmente atribuída aos esforços da ABAV.  Ao lado da presidente da entidade,  Magda Nassar, trabalharam incansavelmente nesse pleito os dirigentes da Clia Brasil e Braztoa, com apoio das demais entidades integrantes do G20.

Para explicar em detalhes as regras e o alcance da nova MP, a ABAV Nacional promove amanhã (19/03), às 15h, em seu canal do youtube live com a participação da presidente Magda Nassar e do assessor jurídico da entidade, dr. Marcelo Oliveira.

 

IATA Travel Pass testado com sucesso em primeiro voo internacional


 


- A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA - International Air Transport Association) anunciou a chegada no Aeroporto Heathrow em Londres do primeiro viajante usando o aplicativo IATA Travel Pass para gerenciar suas credenciais de saúde de viagem.

"A implementação bem-sucedida do IATA Travel Pass neste teste com os passageiros da Singapore Airlines mostra que a tecnologia pode ajudar viajantes e governos a gerenciar credenciais de saúde em viagens com segurança, conveniência e eficiência. A importância desta ferramenta para a retomada da aviação internacional deve ser enfatizada", disse Alexandre de Juniac, diretor geral e CEO da IATA.

JoAnn Tan, vice-presidente sênior em exercício de planejamento de marketing da Singapore Airlines, disse: "As credenciais de saúde digital serão essenciais com a reabertura das fronteiras e a suspensão gradual das restrições de viagens em todo o mundo. A implementação bem-sucedida do IATA Travel Pass reforça a meta da Singapore Airlines de usar soluções digitais seguras para verificar as credenciais de saúde e promover uma experiência de viagem segura e tranquila aos nossos clientes."

Durante o período de teste, os passageiros dos voos da Singapore Airlines entre Cingapura e Londres podem usar o IATA Travel Pass para:

1. Criar uma versão digital segura de seu passaporte em seu dispositivo móvel.

2. Inserir as informações do voo para verificar as restrições e requisitos de viagem e entrada no seu destino.

3. Receber os resultados dos testes verificados e a confirmação de que atendem a todos os requisitos da viagem.

"O sucesso de hoje é uma grande vitória para quem participa desse processo. O aplicativo oferece aos viajantes um sistema único de atendimento para ajudá-los a cumprir com as novas regras de viagens. Isso mostra que os governos podem gerenciar com eficiência esses requisitos de viagem com total confiança na identidade do passageiro e veracidade das credenciais de viagem, evitando longas filas, que é um benefício muito importante. Além disso, este é um meio específico para que as companhias aéreas gerenciem os novos requisitos de viagem sem se afogar em processos de papel ineficientes e ineficazes", disse de Juniac.

Processamento automatizado

"As companhias aéreas entendem que suas operações em terra sofrerão atrasos significativos se tiverem que gerenciar os requisitos de viagem relacionados à COVID-19 - resultados de testes ou certificações de vacinas - com documentação em papel. O mesmo ocorre com as autoridades de fronteira. O Reino Unido está à frente de outros governos no mapeamento de uma solução para reiniciar as viagens internacionais em grande escala. Esse teste em um voo real deve garantir a todos os governos a confiança de que o setor tem uma solução digital viável que irá aliviar a pressão de incorporar verificações de certificados de saúde no processo de viagem, incluindo as fronteiras. Este teste é uma oportunidade para trabalhar com o governo do Reino Unido e mostrar que a solução funciona, compartilhando os resultados com outros governos enquanto construímos um sistema robusto e eficiente que ajudará o mundo a se mover novamente", disse Nick Careen, vice-presidente sênior da IATA para aeroportos, passageiros, carga e segurança.

Padrões globais

Para aproveitar ao máximo os benefícios do IATA Travel Pass e evitar confusão e inconvenientes aos passageiros, a padronização dos certificados de teste ou vacinação e sua aceitação por parte das autoridades são aspectos fundamentais. Uma pesquisa recente da IATA com viajantes descobriu que 89% concordam com a necessidade de padrões globais e 80% gostariam de usar um aplicativo móvel para gerenciar suas credenciais de viagem. Na última sexta-feira, a OACI avançou no processo de estabelecimento de padrões globais para certificações de teste/vacinação. Agora, os governos precisam fornecer um certificado digital de teste/vacinação da COVID-19 quando as pessoas forem testadas ou vacinadas, para que elas tenham um documento que possa ser verificado em seus dispositivos móveis. Isso garantirá a equivalência, o reconhecimento mútuo e a aceitação das certificações de COVID-19 quando os passageiros viajarem pelo mundo.




 


 


• A IATA (International Air Transport Association) representa cerca de 290 companhias aéreas, que compõem 82% do tráfego aéreo global.

• Siga-nos no Twitter: https://twitter.com/iata para verificar anúncios, posicionamentos e outras informações úteis sobre o setor.

Copa Airlines amplia pacote de biossegurança e anuncia parceria estratégica

 

Passageiros terão descontos para exames RT-PCR
 

- A Copa Airlines, subsidiária da Copa Holdings, S. A. {NYSE: CPA} e membro da rede global de empresas aéreas Star Alliance, inicia 2021 com uma nova parceria para garantir uma experiência de viagem cada vez mais segura aos seus passageiros. Quem comprar bilhetes da companhia aérea, poderá usufruir de descontos especiais em exames RT-PCR para detectar o Covid-19 nas unidades de saúde que integram a Dasa no Brasil. A oferta é válida por tempo ilimitado.
 

Os passageiros que quiserem utilizar o benefício precisam apresentar um documento de identificação com foto (RG ou passaporte), além do bilhete aéreo da Copa Airlines (versão física ou eletrônica) em qualquer laboratório da Dasa no Brasil. As unidades para a realização do teste estão no site https://copaairlines.dasa.com.br/
 

Desde o início da pandemia, a empresa tomou uma série de medidas de biossegurança, seguindo todos os protocolos internacionais de saúde, do check-in ao desembarque. Carlos Antunes, Gerente Regional de Vendas da Copa Airlines, declarou que "esta parceria nos ajuda a fortalecer o ciclo de retomada de nossos voos que iniciamos há meses e que vem garantindo uma viagem mais segura para os nossos clientes e colaboradores. A Dasa é reconhecida pela qualidade dos seus serviços, além de possuir uma ampla rede de alcance. Vemos esta parceria como estratégica e uma conveniência a nossos passageiros."
 

"Nossos laboratórios estão espalhados por todo o Brasil e possuem tecnologia de ponta para realizar testes diagnósticos da COVID-19. Essa parceria com Copa Airlines fortalece o reconhecimento de exames modernos com protocolos que são referência de mercado. Ressalta, ainda, a importância de um ambiente de confiança, com profissionais qualificados, que prezam pela segurança e pela garantia de uma ótima experiência em atendimento aos nossos pacientes", informa Gustavo Campana, diretor médico da Dasa.
 

Para garantir uma experiência de viagem mais segura, a Copa Airlines implementou um protocolo rígido que inclui o uso obrigatório de máscaras durante toda a viagem, medição da temperatura de passageiros e colaboradores, medidas de desinfecção com produtos de alta performance, distanciamento físico nas instalações e pontos de contato do aeroporto, desinfecção profunda de aeronaves com pistolas eletrostáticas antes de cada voo, entre outras medidas.
 

A Copa Airlines se destacou recentemente no novo sistema de classificação do portal especializado em avaliações do transporte aéreo, Skytrax. Em seu novo ranking, o Covid-19 Airline Safety Rating, que avalia companhias do mundo inteiro em relação às políticas de higiene e segurança sanitária, a empresa recebeu quatro de cinco estrelas. "É certamente uma amostra de que nossos esforços estão valendo à pena e nos motiva a buscar a excelência na prestação de serviços também em relação à biossegurança", finalizou Antunes.
 

Quem precisar de mais informações sobre voos e requisitos de viagem pode entrar no site copa.com ou em suas contas oficiais nas redes sociais.

Fundação apoiada pela Movile abre inscrições para consultoria gratuita para ONGs


 

Potencialize, programa de voluntariado do Grupo Movile e da Fundação 1Bi, oferece consultoria gratuita e on-line em gestão e tecnologia para ONGs da região. Inscrições vão até 4 de abril.
 

- A Fundação 1Bi, apoiada pelo Grupo Movile, organiza a sexta edição do Potencialize, programa de voluntariado dos colaboradores das empresas do ecossistema Movile, para consultoria gratuita em gestão e tecnologia para ONGs. Criado em 2018, o programa será totalmente on-line e aceita inscrições de instituições sem fins lucrativos de todo o país. A iniciativa terá a duração de três semanas, de 12 de abril até 3 de maio. Nela, as organizações selecionadas se reúnem, de forma remota, com grupos de especialistas do Grupo Movile para solucionar um desafio do seu dia a dia. As inscrições para ONGs já estão abertas e podem ser realizadas até 4 de abril: https://www.fundacao1bi.com.br/potencialize.
 

Nesta sexta edição do Potencialize, as vagas são limitadas e a seleção das organizações será feita com base nas respostas do formulário no site, que será avaliado pela equipe da Fundação 1Bi. Por conta da pandemia, o programa acontecerá de forma on-line e espera atender ONGs de todo o país, como conta Kelly Baptista, coordenadora geral da Fundação 1Bi. "Nesta edição, nosso objetivo é aproveitar que o programa foi adaptado para a forma on-line para abraçar organizações de todo o Brasil, especialmente de regiões como o nordeste, o norte e o centro-oeste, que geralmente carecem de iniciativas que apoiem seu crescimento", afirma.
 

Após o encerramento das inscrições, que vão até o dia 2 de abril, a Fundação fará a avaliação dos perfis das ONGs e divulgará a lista dos aprovados por e-mail até o dia 6 de abril. Os critérios para a seleção levam em consideração a motivação das organizações para fazerem parte do projeto, o alinhamento com os valores da Fundação 1Bi, e com o que ela pode oferecer de soluções e o potencial de impacto da iniciativa para a organização.
 

Com as ONGs selecionadas, os organizadores do Potencialize farão a avaliação dos principais desafios apontados por cada participante para organizar times de quatro a cinco voluntários do Grupo Movile, com experiência e conhecimento para auxiliar cada organização a desenvolver uma solução até o fim das três semanas de trabalho em conjunto. O Potencialize terá encontros virtuais de cada equipe de voluntários com a sua ONG escolhida e todo o processo de criação e execução da solução para o desafio será supervisionado pela Fundação 1Bi. O programa de consultoria será encerrado com uma reunião remota com todas as equipes de voluntários e as ONGs para compartilhamento das experiências e dos resultados obtidos com a parceria.
 

Kelly Baptista destaca a importância da iniciativa, que em mais de dois anos já beneficiou mais de 80 ONGs que contaram com o trabalho de mais de 300 voluntários. "Sabemos que o terceiro setor no Brasil ainda é pouco desenvolvido, do ponto de vista do uso da tecnologia para impacto social. Para modificar esse cenário, a Fundação 1Bi desenvolve todo ano o Potencialize, que une especialistas do Grupo Movile para potencializar a tecnologia no setor, desenvolvendo as soluções que as ONGs precisam. Nosso principal objetivo é oferecer todo o conhecimento e experiência de um dos maiores grupos de tecnologia do país para ajudar a impulsionar organizações de todo o país", finaliza.
 


 

Sobre a Fundação 1Bi
 

O Grupo Movile apoia a Fundação 1Bi, com o objetivo de fomentar projetos de tecnologia para impacto social. Lançada em agosto de 2019, ela tem sua atuação baseada em três pilares: ensinar por meio da tecnologia; ensinar a tecnologia em si e apoiar organizações que tenham propostas semelhantes. Tais frentes completam ações de educação por meios digitais, treinamentos e parcerias com outras instituições, cursos para formação de jovens em áreas de tecnologia e programação, hackathons sociais, consultoria para ONGs, dentre outras iniciativas.

Novo decreto suspende atividades não essenciais no RN por 14 dias

 

 

Medidas anunciadas nesta quarta-feira (17) são resultado de um amplo processo de discussão com os segmentos da sociedade.

 

O Governo do Estado editou um novo decreto, em conjunto com a Prefeitura de Natal, instituindo medidas mais duras para promover o isolamento social e evitar o avanço do coronavírus no Rio Grande do Norte. As regras valem para o período de 20 de março a 2 de abril e disciplinam o setor público e privado. Entre as novas medidas adotadas está o fechamento das atividades não essenciais e a suspensão das aulas presenciais em todas as modalidades de ensino. O documento também estende até a próxima sexta-feira (19) o toque de recolher das 20h às 06h.

"Estamos tomando essas medidas com o senso de responsabilidade que tenho. O que está em jogo neste exato momento, é a vida das pessoas. Abrimos leitos e mais leitos, montamos uma rede de mais de 700 leitos e continuamos abrindo mais, porém está provado no Brasil e no mundo, que há necessidade de medidas preventivas, como o distanciamento social, para que possamos conter a velocidade da transmissão da doença", disse a governadora Fátima Bezerra.

O Decreto n° 30.419/21, o quarto do ano com foco em medidas restritivas para proteger a saúde da população e conter o colapso da rede de atendimento aos pacientes vítimas da Covid-19, foi construído a partir de discussões ao longo da semana com os diversos segmentos da sociedade – representantes dos demais Poderes, empresários, trabalhadores. O governo também buscou o consenso com os prefeitos, considerados peças fundamentais na aplicação das medidas nos 167 municípios, sob o respaldo do Ministérios Públicos Estadual, Federal e do Trabalho. Na terça-feira, durante reunião com os presidentes de associações dos municípios, os prefeitos sinalizaram apoio ao esforço do governo na luta contra o coronavírus.

Emocionada, a governadora fez um apelo à sociedade em defesa da vida. "Neste momento, não temos escolha. São vidas que estão em jogo. Precisamos garantir ao povo o sagrado direito, que é cuidar da saúde, de sobreviver, daí porque peço a compreensão de todos. O momento é de união, de responsabilidade, do engajamento coletivo dos poderes, da sociedade, para, se Deus quiser, superarmos esse momento dramático que vivemos."

Para mitigar os efeitos da quarentena, Fátima disse que vai anunciar medidas para beneficiar famílias de baixa renda. Esta semana, o governo do RN anunciou benefícios para empresas dos setores mais prejudicados pela pandemia.

Com o novo decreto, o Rio Grande do Norte segue o caminho dos vizinhos Ceará, Paraíba e Pernambuco que enfrentam situação semelhante e adotaram medidas mais duras, diante da possibilidade de o sistema de saúde entrar em colapso.

PANDEMIA

Para editar o novo decreto, o governo do Estado levou em conta o aumento dos indicadores epidemiológicos – número de óbitos, taxa de ocupação de leitos de UTI e número de casos ativos - a presença de novas variantes do vírus circulando no RN e a baixa proporção da população vacinada.  Considerou ainda o Ofício Conjunto nº 001/2021-MPRN/MPF/MPT, por meio do qual o Ministério Público do Estado (MPRN), o Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público Federal (MPF) recomendaram ao Governo do Estado e à Prefeitura do Natal, o acatamento das medidas sugeridas na Recomendação nº 26 do Comitê de Especialistas do Governo do Estado.

Nesta quarta-feira, o número acumulado de mortes pela Covid-19 ultrapassou a casa dos 4 mil. Os dados do Regula RN, mostravam que a taxa de ocupação de leitos no Estado era de 95,3%, na região metropolitana 95,5%, no Oeste 98,0% e no Seridó 92,5%. Às 20 horas, havia 140 pacientes na lista de espera por UTI.

MEDIDAS 

Fica estabelecido que poderão funcionar, desde que adotados os protocolos sanitários, entre outras atividades, as de abastecimento de alimentos; assistência à saúde; postos de combustíveis; segurança privada; correios e serviços de entrega e transportadoras; lojas de autopeças; hotéis, flats, pousadas e acomodações similares; lavanderias; atividades financeiras e de seguros; atividades industriais. Os serviços não essenciais poderão funcionar de modo remoto, mediante teleatendimento e sistema de entrega em domicílio.

 O novo decreto permite também o funcionamento de igrejas para orações individuais e com presença simultânea de, no máximo, 20 pessoas.

Já as aulas presenciais estão suspensas em todas as modalidades de ensino, exceto em atividades de educação em que o ensino remoto seja inviável, exclusivamente, para treinamento de profissionais de saúde e aulas práticas e laboratoriais destinadas aos concluintes do ensino superior. 

 

Blogs


Clique aqui e receba nossas notícias gratuitamente!