Turismo & Negócios

Aceitar passageiros vacinados deve ser a melhor prática global para a reabertura


 

 
 
 
 
 



 


- A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA - International Air Transport Association) apoia o número cada vez maior de países que, com base em dados e evidências, decidiram abrir suas fronteiras a viajantes vacinados. Os dados mais recentes coletados pela IATA, incluindo seu serviço Timatic, mostram que mais de 20 países suspenderam total ou parcialmente as restrições para viajantes vacinados.

A IATA apoia o acesso sem restrições a viagens para viajantes vacinados. Para os casos em que a vacinação não for possível, deve ser garantido o acesso a viagens sem quarentena por meio de estratégias de teste da COVID-19 gratuitos e amplamente disponíveis.

A Alemanha está entre os países que recentemente aliviaram as medidas de quarentena para viajantes vacinados. Estes não estão mais sujeitos às medidas de quarentena (exceto quando provenientes de alguns países de alto risco). A Alemanha também revogou os requisitos de quarentena para passageiros com resultado negativo no teste da COVID-19.

A decisão do governo alemão veio após uma análise e parecer científico do mundialmente renomado Robert Koch Institute (RKI), que concluiu que os viajantes vacinados deixaram de ser agentes significativos na disseminação da doença e não representam um grande risco para a população alemã. Especificamente, a declaração afirma que a vacinação reduz o risco de transmissão de COVID-19 para níveis abaixo do risco de um teste rápido de antígeno com resultado falso negativo.

A adoção desta política alinha a Alemanha às recomendações da Comissão Europeia e do Parlamento Europeu, com base em pareceres científicos semelhantes do Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC em inglês). Em suas orientações preliminares sobre os benefícios da vacinação completa, o ECDC diz que, "com base na evidência limitada disponível, a probabilidade de uma pessoa vacinada infectada transmitir a doença é atualmente avaliada como muito baixa a baixa."

Conclusões semelhantes também foram relatadas do outro lado do Atlântico. Nos Estados Unidos, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (US CDC) observaram que, "com uma vacina 90% eficaz, o teste pré-viagem, o teste pós-viagem e a quarentena de 7 dias fornecem um benefício adicional mínimo."

"O objetivo é a reabertura segura das fronteiras para viagens internacionais. Para isso, as evidências e os dados científicos, como esses apresentados pelo RKI, ECDC e USC CDC, devem ser a base para a tomada de decisão. As evidências científicas indicam que a vacina não apenas protege as pessoas, mas também reduz drasticamente o risco de transmissão da COVID-19. Com isso, estamos perto de um mundo onde a vacinação e os testes permitirão a liberdade de viajar sem quarentena. A Alemanha e pelo menos 20 outros países já deram um passo importante para a reabertura de suas fronteiras aos viajantes vacinados. Estes são exemplos de boas práticas para outros países adotarem rapidamente", disse Willie Walsh, Diretor Geral da IATA.


Incentivo importante para a vacinação

De acordo com o US CDC, as reduções das restrições relacionadas à COVID-19 são um forte incentivo para a vacinação, particularmente em comunidades onde há hesitação em relação à vacina. Este é um benefício adicional e importante de viagens sem restrições para quem se vacinar. Uma pesquisa da IATA indica que 81% dos viajantes internacionais desejam se vacinar para poder viajar. Além disso, 74% das pessoas na mesma pesquisa concordaram que as pessoas vacinadas deveriam poder viajar de avião sem restrições.

Soluções digitais para certificados de vacinação/teste

A decisão de aceitar viajantes vacinados sem medidas de quarentena tomada por um número cada vez maior de países aumenta a pressão por uma solução digital para gerenciar os certificados de vacinas e os resultados dos testes de COVID-19. Os processos em papel podem aumentar o tempo de check-in e controle de fronteiras; além disso, estão sujeitos a fraudes. Certificados digitais de vacina e teste e aplicativos de passageiros, como o IATA Travel Pass, serão necessários para gerenciar de forma eficiente e segura as credenciais de saúde em viagens durante a retomada.

Uma pesquisa recente da IATA mostra forte apoio a uma solução digital.

• 89% das pessoas apoiam certificados de vacinação e teste de COVID-19 globalmente padronizados.
• 84% das pessoas querem um aplicativo para gerenciar suas credenciais de saúde em viagens.

"Está se abrindo uma lacuna entre os países que respondem às evidências científicas e aqueles que demonstram falta de preparo ou cautela excessiva na reabertura das fronteiras. Os países que aproveitarem a oportunidade oferecida pelo número crescente de viajantes vacinados podem proteger suas populações e obter benefícios econômicos", disse Walsh.


 


 


▪ O material Safely Reopening Borders: Facilitating Air Travel for Vaccinated Persons descreve a posição da IATA sobre esse assunto.

▪ O processo de Trílogo da UE continua esta semana para resolver as diferenças sobre a implementação do certificado de vacinação digital da COVID, o fornecimento de teste gratuito e acesso sem restrições para passageiros vacinados. Pedimos uma resolução rápida para esses temas.

▪ Os países que fazem considerações especiais para viajantes vacinados incluem: Bulgária, Chipre, Estônia, Ilhas Faroe, Geórgia, Alemanha, Grécia, Guatemala, Hungria, Islândia, Israel, Coréia, Kuwait, Líbano, Lituânia, Maldivas, Moldávia, Montenegro, Polônia, Portugal (Madeira), Catar, Romênia, Samoa, Eslováquia e Eslovênia. Os requisitos de entrada e quarentena estão em constante evolução e sujeitos a mudanças a qualquer momento.

▪ A pesquisa de opinião pública da IATA realizou 4.700 entrevistas online em 11 mercados entre 15 e 23 de fevereiro de 2021. A amostra contou com 500 pessoas em cada um desses países: Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, França, Alemanha, Índia e Austrália. No Chile, Japão, Emirados Árabes Unidos e Cingapura, a amostra teve 300 pessoas em cada país. O critério de inclusão na pesquisa foi ter feito uma viagem de avião nos últimos 11 meses. A Rockland Dutton Research & Consulting preparou o questionário e a análise; e a Dynata realizou a coleta e tabulação dos dados.

• A IATA (International Air Transport Association) representa cerca de 290 companhias aéreas, que compõem 82% do tráfego aéreo global.

• Siga-nos no Twitter: http://twitter.com/iata para verificar anúncios, posicionamentos e outras informações úteis sobre o setor.

GOL reativa hub do Salvador Bahia Airport  

 

A companhia retomará todos os 25 destinos operados a partir da capital da Bahia até meados de julho 

 

A partir desta  segunda-feira (24), o Salvador Bahia Airport - integrante da rede VINCI  Airports - terá um novo impulso no tráfego de passageiros. A companhia aérea GOL dará início à reativação do seu hub na capital baiana com a retomada dos voos para seis destinos: São Luís, Vitoria, Goiânia, Natal, Campinas e Maceió.  Serão quatro partidas semanais às segundas, quartas, sextas e domingos. 

 

Em 18 de junho é a vez de os voos para Teresina e João Pessoa serem retomados. No dia 19 daquele mês a GOL voltará a voar de Salvador para Palmas e Porto Alegre. Com isso, o Salvador Bahia Airport terá mais uma vez ligação direta com todas as cinco regiões do país. Já no dia de 02 de julho, Curitiba e Petrolina passam a integrar a lista, completando os 25 destinos que eram operados pela companhia em janeiro. 

 

A maior parte destes destinos terá incremento em junho ou julho, época de alta temporada.  “Mais do que uma demonstração de que estamos alinhados com o movimento de retomada da aviação doméstica, a reativação do hub da GOL significa que a companhia tem confiança no mercado soteropolitano e no desenvolvimento do seu centro de conectividade na Bahia”, destaca Marcus Campos, gerente de Marketing e Negócios Aéreos do Salvador Bahia Airport.  

 

As passagens para esses destinos já estão à venda no site da companhia www.voegol.com.br e em agências de viagens. Além das cidades supracitadas, a GOL também voa a partir de Salvador para os aeroportos de Guarulhos, Congonhas, Santos Dumont, Galeão, Belo Horizonte, Brasília, Aracaju, Recife, Fortaleza, Barreiras, Vitória da Conquista, Ilhéus e Porto Seguro.   

 

Esta nova etapa na retomada das viagens se beneficiará de sólida segurança sanitária, uma vez que o Salvador Bahia Airport implementou um conjunto de medidas sanitárias fornecidas pela campanha “Protegendo uns aos outros”, da VINCI Airports. Essas medidas atendem aos melhores padrões internacionais. 

 

Confira os destinos retomados pela GOL em Salvador:  

 

A partir de 24 de maio:  

  • Campinas – 4x por semana em maio; diário a partir de 18 de junho; 2x por dia a partir de 01 de agosto  

  • Goiânia - 4x por semana em maio; 5x por semana a partir de 18 de junho; 9x por semana a partir de 29 de junho; pico de 12x por semana a partir de 12 de julho 

  • Maceió - 4x por semana em maio; diário a partir de 18 de junho 

  • Natal - 4x por semana em maio; diário a partir de 18 de junho 

  • São Luís - 4x por semana em maio; 5x por semana em julho 

  • Vitória - 4x por semana em maio; diário a partir de 18 de junho 

A partir de 18 de junho: 

  • Teresina - 3x por semana; 4x a partir de julho 

  • João Pessoa – 4x por semana  

A partir de 19 de junho:  

  • Palmas – 3x por semana; 4x por semana a partir de julho 

  • Porto Alegre – 5x por semana  

A partir de 02 de julho:  

  • Curitiba - 6x por semana  

  • Petrolina – 6x por semana  
     

Sobre o Salvador Bahia Airport   
Localizado em Salvador, capital baiana e primeira capital brasileira, o Salvador Bahia Airport faz parte da rede VINCI Airports desde 2 de janeiro de 2018 através de um Contrato de Concessão com duração de 30 anos. Desde então, o aeroporto tem incorporado padrões globais de operação, buscando entregar mais eficiência, segurança e uma melhor experiência de viagem para os seus passageiros. Com este objetivo, foram realizadas obras de modernização e ampliação do terminal de passageiros, um investimento de R$ 700 milhões que ampliou sua capacidade em 50%, de 10 milhões para 15 milhões de passageiros ao ano.       
     
Apontado como o “Aeródromo Mais Sustentável do Brasil”, o Salvador Bahia Airport se destaca pelo seu pioneirismo em ações de preservação ambiental.  Norteado pela Air Pact, estratégia global da VINCI Airports, o aeroporto foi o primeiro do Brasil a reutilizar 100% da água consumida, a não dispensar resíduos sólidos para aterros sanitários e a ter uma usina solar - com 4,2 MW de potência. As ações do aeroporto para redução de emissão de carbono o levaram ainda a receber a Certificação de Acreditação em Carbono (ACA Certification)  pelo Conselho Internacional de Aeroporto (ACI). Mais informações podem ser encontradas no site ou nas redes sociais @salvadorbahiaairport.    

 

Sobre a VINCI Airports  
A VINCI Airports, a maior operadora privada de aeroportos do mundo, administra 45 aeroportos em 12 países na Europa, Ásia e nas Américas. Nós aproveitamos nossa expertise como um integrador abrangente para desenvolver, financiar, construir e operar aeroportos enquanto aproveitamos nossa capacidade de investimento e conhecimento em otimizar o desempenho operacional, modernizando infraestruturas e conduzindo a transição ambiental.  A VINCI Airports se tornou o primeiro operador aeroportuário a desenvolver uma estratégia ambiental internacional, em 2016, tendo em vista atingir a neutralidade de carbono na sua rede em 2050.   

Mais informações estão disponíveis em: www.vinci-airports.com @VINCIAirports https://www.linkedin.com/company/vinci-airports  

Emprotur promove o RN com influenciadores digitais

 

A ação fortalece a presença digital dos destinos potiguares

 

A Empresa de Promoção Turística Potiguar (Emprotur) inicia uma nova etapa de Influencer Tours nos destinos turísticos do Rio Grande do Norte. A iniciativa tem início nesta segunda feira (17) e conta com a presença de jornalistas, fotógrafos e influenciadores digitais. A ação promovida em parceria com o Projeto Governo Cidadão/Banco Mundial visa fomentar o setor do turismo com foco na retomada. 

Os influenciadores @andrewssantana, @ropdz, @mundosemmuros, @casalviagem.es @viajandocomgabi, @vazaonde, @ines.lafosse, @tripbruta, @andarilhas foram os perfis escolhidos estrategicamente. Os produtores de conteúdo são especializados em turismo e que produzirão fotos, vídeos e irão partilhar suas experiências em seus respectivos perfis para seus seguidores. Os roteiros contemplam os segmentos de sol e praia, ecoturismo e turismo de aventura, cultural e religioso distribuídos em todas as regiões do Estado. 

“Esta ação é uma, entre várias, que integra o nosso Plano de Retomada do Turismo, possibilitando alcançarmos os turistas, aproximando a audiência desses criadores de conteúdo com o nosso destino e mostrando que somos um mundo de possibilidades”, explica o diretor-presidente da Emprotur, Bruno Reis.

Os conteúdos produzidos ficarão disponíveis nos perfis e canais dos influenciadores participantes. Para acompanhar as novidades relativas à ação, siga o perfil nas redes sociais do Visite Rio Grande do Norte (@visiteriograndedonorte) onde serão compartilhados matérias, fotos e vídeos gerados ao longo do projeto.

Seychelles reforça medidas para oferecer uma experiência segura ao visitante

Destino recebeu quase 25 mil visitantes internacionais desde a reabertura do turismo em março

Praia de Anse Georgette, em Praslin - crédito Torsten Dickmann (STB)

Reaberta para o turismo internacional desde o final de março, Seychelles vem reforçando suas medidas e protocolos sanitários para continuar como um destino seguro tanto para visitantes como para sua população. As autoridades locais recomendam a todos que sigam as diretrizes de saúde e higiene em vigor no país.  

Seychelles lidera, atualmente, o gráfico mundial com o maior número de vacinas administradas, tendo vacinado 62% dos adultos residentes no arquipélago com as duas doses. Essas medidas têm contribuído para que Seychelles receba visitantes de diferentes partes do mundo, interessados em desfrutar do luxo pé na areia e, ao mesmo tempo, ficar longe de multidões e grupos.

No total, 24.106 visitantes estrangeiros desembarcaram no país para viagens de lazer desde o dia 25 de março de 2021. Boa parte desses turistas, precisamente 37%, optaram por acomodações em pequenos estabelecimentos ou em hotéis boutique instalados nas três principais ilhas de Seychelles: Mahé, Praslin e La Digue.

Segundo o Ministro de Relações Exteriores e Turismo de Seychelles, Sylvestre Radegonde, o destino oferece ao visitante a opção de aproveitar as férias sem comprometer a sua segurança e a de seus entes queridos. “Estamos confiantes de que, com o apoio de nossos parceiros da indústria, isso continuará sendo possível”, afirma Radegonde.

Desde a reabertura do país para o turismo, os prestadores de serviço e empresas que atuam em Seychelles são convidados a adotar rigorosos procedimentos operacionais de saúde e higiene para garantir uma experiência segura aos visitantes em férias. Hoje, 587 dos 720 estabelecimentos turísticos das ilhas Seychelles têm a cerificação de Turismo Seguro. O selo em verde claro é facilmente reconhecido e permite identificar as empresas que aderiram aos padrões de saúde e higiene estabelecidos pela autoridade de saúde pública local.


Para mais informações sobre o destino, acesse o site www.gvanoticias.com


Sobre Seychelles

Um arquipélago de 115 ilhas no Oceano Índico, Seychelles é repleto de praias de areia platinada, emolduradas por pedras de granito, mar turquesa e clima tropical o ano todo. Para aqueles que desejam ver e fazer tudo, o arquipélago tem excelentes condições para a prática de esportes, ótimos restaurantes de cozinha internacional e creole (local), shows de dança e música. Para o viajante moderno, as ilhas representam uma fuga e a oportunidade de recalibrar sua alma em harmonia com a essência primordial da natureza. Além disso, Seychelles preza pelo turismo sustentável, dado que cerca de 50% de sua área está sob proteção ambiental, e acredita-se que o sítio original do Jardim do Éden fica no país, no chamado Valée de Mai.

Comissão da Câmara aprova lei que cria Projeto Amigo do Ciclista

 


Com o objetivo de garantir mais instrumentos para os natalenses que utilizam a bicicleta como meio de transporte, a Comissão de Transportes, Legislação Participativa e Assuntos Metropolitanos da Câmara Municipal de Natal se reuniu na tarde desta segunda-feira (17) e, aprovou, o projeto de Lei Nº 36/2021, de autoria do vereador Milklei Leite (PV). 

A matéria cria o projeto denominado “Transporte Amigo do Ciclista”, que autoriza o transporte de bicicleta na parte posterior externa ou sobre o teto, desde que fixada em dispositivo apropriado, móvel ou fixo em táxis e veículos de transporte por aplicativo. “Vamos garantir que o cidadão possa ter como pedalar para ir ou voltar do trabalho e quando ele não se sentir bem, possa ter a oportunidade de ter um veículo que possa transportá-lo para casa”, explicou o autor, Milklei Leite. 

Ainda durante a reunião, os parlamentares destacaram a situação da superlotação nos veículos e também ressaltaram a situação dos transportes que circulam na capital. “Tivemos uma reunião com representantes da STTU e do SETURN e foi informado que a partir do dia 10 iríamos ter uma série de alterações no transporte público. Apenas quarenta passageiros sentados e dez em pé, em espaços demarcados. Infelizmente não surtiu efeito e os transportes continuam andando lotados”, disse o vereador Anderson Lopes (SD). “Temos um transporte de péssima qualidade e o natalense não merece isso”, acrescentou o vereador Eribaldo Medeiros (PSB). 

A comissão ainda aprovou um PL de autoria do vereador Chagas Catarino (PSDB), que cria Cria o Programa “Cachorródromo - Espaço Público Para Cães”, no Município de Natal.


Fotos: Elpídio Júnior 

ABAV Expo retoma formato itinerante e confirma edição 2021 em Fortaleza (CE)

ABAV Expo retoma formato itinerante e confirma edição 2021 em Fortaleza (CE)

Proposta da entidade é traçar um planejamento antecipado para os próximos cinco anos, que contemple um grande destino turístico de cada uma das regiões brasileiras São - A Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV Nacional) anunciou nesta terça-feira a decisão de retomar a partir deste ano o caráter itinerante que consolidou a ABAV Expo como o principal evento do calendário do turismo nacional. Realizado anualmente pela ABAV desde 1974, o Congresso Brasileiro de Agências de Viagens, como foi originalmente batizado, percorreu 15 cidades brasileiras até se fixar no Rio de Janeiro por dez anos, e depois migrar para São Paulo, onde permaneceu entre 2013 e 2019. Em função da pandemia, decretada em março do ano passado, a organização optou pela realização de um evento online, prorrogando para 2021 a 48ª edição da ABAV Expo que agora a entidade confirma para o período de 6 a 8 de outubro no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza, que dessa forma se torna o primeiro destino a sediar o evento nesta nova fase itinerante. De acordo com a presidente da ABAV Nacional, Magda Nassar, a retomada do modelo itinerante sempre foi um desejo manifestado pelos participantes da ABAV Expo – visitantes e expositores, principalmente do público internacional. O crescimento contínuo do evento ao longo dos anos, entretanto, acabou por limitar as opções, considerando a logística necessária em cada destino. Incluem-se aí malha aérea, parque hoteleiro e um centro de eventos de ponta, sem mencionar outros tantos segmentos e fornecedores envolvidos na organização de um evento do porte da ABAV Expo. “Com as ferramentas e plataformas online disponíveis hoje é possível gerar público, negócios, promover conhecimento e proporcionar experiências reais a partir de qualquer destino. Quebramos essa barreira com a realização do ABAV Collab no ano passado e nossa proposta para este ano é transformar a ABAV Expo em uma multiplataforma de negócios e vivências com um evento híbrido, que agregue ao espaço presencial as infinitas possibilidades de uma participação online”, explica Magda. Em meio à concepção deste projeto inovador, um convite inesperado da Secretaria de Turismo do Estado do Ceará para que Fortaleza voltasse a receber uma edição da ABAV Expo (já havia sido sede nos primórdios do Congresso ABAV, em 1976 e 1989) acelerou o processo inicialmente previsto para o médio prazo. Decisão tomada, com aprovação unânime da diretoria e presidentes das estaduais, a ABAV lança a partir desta edição a proposta de traçar um planejamento antecipado para os próximos cinco anos, que contemple um grande destino turístico de cada uma das cinco regiões brasileiras, como forma de promover o turismo doméstico, que ganhará força quando o mercado reaquecer. E já há uma fila de capitais pleiteando a edição 2022. “Temos comprovadamente uma demanda reprimida por viagens de lazer, que já foram apontadas em inúmeras pesquisas como desejo prioritário do brasileiro quando as restrições da pandemia forem flexibilizadas. O mesmo vai acontecer com as viagens de negócios e com os eventos, e queremos estar passos adiante nesse tão esperado caminho da retomada”, afirma a presidente da ABAV Nacional, Magda Nassar. A ABAV Expo & Collab vai abarcar também a programação do Matchbusiness, potencializando a realização de negócios, por meio de uma dinâmica híbrida e diferenciada. “Teremos um agenda intensa nos dias da feira que reunirá compradores e fornecedores em rodadas de negócios promovidas em diferentes pontos e equipamentos turísticos do Ceará, acontecendo simultaneamente à programação da ABAV Expo, sempre ancorados na premissa de possibilitar um mix de negócios, capacitação e networking. Queremos entregar uma edição histórica, deixar a nossa contribuição como mais uma iniciativa pioneira e inovadora da ABAV”, conclui a presidente da entidade que, sem revelar detalhes, antecipa mais uma ampliação no portfólio de eventos da entidade, com um projeto inteiramente novo para o calendário do primeiro semestre de 2022, este fixo na capital paulista. As novidades foram apresentadas durante coletiva de imprensa que contou com a participação do ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, do presidente da Embratur, Carlos Brito, do Secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Vinícius Lummertz, do secretário de Turismo do Estado do Ceará, Arialdo Mello Pinho, e dos presidentes da ABIH Nacional, Manoel Linhares, da ABIH-CE, Régis Nogueira de Medeiros, e da ABAV-CE, Murilo Santa Cruz.

Blogs


Clique aqui e receba nossas notícias gratuitamente!