A Câmara votou nesta segunda-feira (19) por derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro à suspensão do pagamento de parcelas devidas pelos clubes de futebol ao Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut).

O benefício foi aprovado pelo Congresso no ano passado para tentar aliviar os impactos da pandemia da covid-19 no esporte. De acordo com representantes dos clubes, os times tiveram um prejuízo de cerca de R$ 800 milhões com a pandemia apenas no primeiro semestre de 2020.

Bolsonaro, no entanto, vetou a suspensão do pagamento de parcelas do Profut. A matéria agora vai ao Senado.

Fonte: Agência Brasil