Refrigerante é uma bebida que já faz parte da cultura mundial. Há algumas pessoas que não gostam de beber. Muitos são frequentemente consumidos na rotina alimentar.

Apesar de delicioso e doce, muitos estudos já revelaram o quão prejudicial a bebida é para a saúde, especialmente a longo prazo. Depois disso, conheceremos 7 problemas causados pelo consumo excessivo e regular em nossos corpos.

1- Problemas dentários

Tanto o excesso de açúcar quanto seus elementos químicos que fazem a bebida gelada ácida danificam o esmalte do dente, tornando-o mais frágil, no entanto, aumentam as chances de aparecimento de cárie.

2- Gordura no fígado

Os ingredientes que contêm refrigerante dependem de xarope de milho e sacarose, ambos ricos em frutose. Para entender melhor, todo o açúcar ingerido chega ao fígado para o metabolismo. Quando você consome muito açúcar, causa gravidez excessiva no fígado incapaz de metabolizar açúcares, e isso aumenta a carga no órgão que converte todo o excesso de açúcar em gordura.

3- Obesidade

Muitas bebidas açucaradas tornam o corpo mais suscetível à inflamação. Outro problema diz respeito à obesidade, doença, entre outros fatores, causada pelo aumento de alimentos açucarados e calorias. 

4- Resistência à insulina

Insulina é um hormônio responsável pela transferência da glicose no sangue para as células. Quando a insulina diminui, faz com que a glicose fique suspensa no sangue, causando assim diabetes.

5- Risco de diabetes tipo 2

Esta doença é o resultado da resistência à insulina. O alto teor de açúcar em refrigerante pode aumentar o risco de diabetes tipo 2 em cerca de 1,1%.

6. Risco de câncer

Refrigerante é uma bebida com potencial cancerígeno, porque contém compostos prejudiciais ao corpo. Uma pesquisa de 2012 realizada pelo Centro de Ciência do Interesse Público mostrou que um composto de 4 metilimidazol que contém bebidas particularmente à base de cola (responsável pela pigmentação escura da bebida) tem um perfil cancerígeno. Além disso, na época, foram determinadas quantidades de metiliedáziol por acima do que a lei permitia. Mais tarde, este fato foi alterado, mas a substância logo continua a correr o risco de câncer também.

7- Risco de problemas cardíacos

Há estudos que ligam refrigerante a um aumento de 20% nos ataques cardíacos diários em homens.

Com informações do Rede Brasil News