O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, disse que pode ser hora de mudar a forma como se rastreia a evolução da Covid-19 para, em vez disso, usar um método semelhante à gripe, devido à queda da letalidade. De acordo com uma reportagem do jornal “El País”, o governo espanhol está cogitando outros métodos de monitoramento, embora a Europa enfrente um aumento recorde de infecções.

“Temos condições de abrir gradualmente, com precaução, o debate a nível técnico e europeu, para começar a avaliar a evolução desta doença com parâmetros diferentes dos que temos até agora”, disse Sanchez em entrevista à rádio Cadena SER.

O governo espanhol considera mudar a forma como acompanha a evolução da pandemia para usar um método semelhante ao da gripe, sem registrar todos os casos e sem testar todas as pessoas que apresentam sintomas.

A OMS (Organização Mundial da Saúde), entretanto, disse hoje que ainda faltam estudos que permitam tratar a  Covid-19 como uma doença endêmica como a gripe.

Fonte: Forbes