O rombo financeiro nas contas públicas do Rio Grande do Norte parece que aumenta a cada dia. No fim da gestão Robinson Faria (PSD), a equipe de transição falava em algo próximo a R$ 1,5 bilhão. Fátima Bezerra tomou posse do cargo e rapidamente revelaram que, na verdade, o prejuízo era próximo a R$ 3 bilhões, somando dívidas de servidores e fornecedores. 

Nesta segunda-feira (04), a governdora fez um pronunciamento por meio de suas redes sociais e revelou uma nova conta. Se levarmos em conta também a estimativa de déficit do orçamento do Estado para 2019, que é de R$ 1,8 bilhão, o rombo das contas potiguares somam impressionantes R$ 4,3 bilhões. Surreal!