Um levantamento do G1 apontou que a aplicação da segunda dose da vacina de Oxford/AstraZeneca contra a Covid-19 foi suspensa em diversas cidades no Brasil devido à falta do imunizante. Dentre os estados atingidos está o Rio Grande do Norte, além de São Paulo, Tocantins, Rondônia e Mato Grosso do Sul.

No Rio Grande no Norte, a vacinação foi suspensa em Mossoró, segunda maior cidade do estado, nesta sexta-feira (10) devido a falta de doses.

Na cidade de São Paulo, o desabastecimento já chega a quase 100% dos locais autorizados para a aplicação. A vacinação no Espírito Santo, em Minas Gerais e em Santa Catarina poderá ser interrompida na próxima semana, caso não haja novas remessas de AstraZeneca.

O motivo pela falta de doses disponíveis está associado ao atraso na entrega do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), componente utilizado para produzir a vacina, à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Devido a esse atraso, a Fundação anunciou no dia 3 de setembro que ficaria duas semanas sem entregar doses de AstraZeneca para o Ministério da Saúde. O composto é importado da China.

Fonte: Blog do Gustavo Negreiros