"Flurona" é um termo popular utilizado para descrever o caso de pessoas que apresentam COVID-19 e gripe ao mesmo tempo. Como consequência de haver dois tipos de vírus, é possível que a pessoa apresente ao mesmo tempo, em alguns casos, sinais e sintomas das duas doenças.

Apesar de se ter duas infecções ao mesmo tempo, isso não significa, necessariamente, que é uma situação mais grave. Ainda assim, é importante ter todos os cuidados para evitar transmitir os vírus para outras pessoas, sendo recomendado permanecer em isolamento por cerca de 10 a 14 dias, de acordo com a orientação médica, fazer uso de máscaras faciais e higienizar e desinfetar as mãos regularmente.

Os principais sinais e sintomas relatados de "flurona" são:

  • Febre;
  • Tosse;
  • Respiração mais rápida e curta;
  • Falta de ar;
  • Dor muscular;
  • Dor de cabeça.
  • Dor ao engolir.
  • Nariz entupido.

Na presença desses sinais e sintomas, é importante consultar um clínico geral, para que sejam feitos exames e se possa verificar se os sintomas são indicativos de COVID-19, Influenza ou "flurona".

Faça o nosso teste online de COVID-19 e de H3N2 para saber o risco de estar com essas doenças.

Em caso de suspeita de "flurona", é recomendado que a pessoa fique em isolamento por até 14 dias, ou de acordo com a orientação do médico, para evitar a transmissão do vírus para outras pessoas. Nos casos mais leves, o médico pode recomendar que a pessoa fique de repouso, beba bastante líquidos e tenha uma alimentação leve, podendo ser também recomendado o uso de medicamentos analgésicos para aliviar os sintomas. Por outro lado, nos casos mais graves, o médico pode recomendar tratamento com medicamentos mais específicos, incluindo antivirais, para promover a recuperação mais rápida.

É também importante fazer uso de máscaras faciais, higienizar e lavar as mãos regularmente e evitar ambientes com maior concentração de pessoas e pouca circulação de ar, assim como tomar a vacina contra a COVID-19 e contra a gripe, pois assim é possível aumentar a proteção contra esses vírus, prevenindo o desenvolvimento de infecções mais graves.

Para confirmar o "flurona", ou seja, a infecção simultânea de COVID-19 e gripe, é importante fazer exames laboratoriais que permitam identificar a preseça, ou não, desses vírus no organismo. Um dos exames mais utilizados é a coleta de secreção nasofaríngea, que depois é analisada em laboratório através de técnicas como o PCR, para identificar a presença dos vírus.

Com informações de Macajuba Acontece