Em entrevista à Jovem Pan News Natal nesta quarta-feira (03), o ex-ministro da Educação Fernando Haddad citou a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, como uma das opções que o Partido dos Trabalhadores tem para lançar como candidata à Presidência da República em 2022.

O ex-candidato à presidência derrotado por Bolsonaro citou mais uma vez o ex-presidente Lula como o principal nome do PT para a disputa presidencial de 2022, caso haja a possibilidade legal de lançar o nome do ex-presidente.

Além de Fátima Bezerra, outros governadores da legenda também foram mencionados por Haddad.

“Nós temos quatro governadores, vários nomes no PT, inclusive a única mulher governadora do país, que é do PT. Eu e Fátima trabalhamos muito no Rio Grande do Norte pela educação, toda expansão das universidades, criação em Mossoró, IFRN que espalhamos em todo o estado, ela é uma pessoa também de projeção nacional. Temos quatro grandes nomes nos governos, grandes senadores e ex-governadores, como Jacques Wagner e Tarso Genro. O PT é talvez o único partido do país que tenha nomes para nos representar", disse.

Durante a entrevista, Fernando Haddad não poupou críticas ao presidente Jair Bolsonaro. Seja na condução do país no enfrentamento à pandemia da covid-19, seja nas suspeitas de crimes praticados pelo filho Flávio Bolsonaro (Republicanos), citando inclusive a compra de uma mansão por quase R$ 6 milhões, em Brasília.

Além disso, o ex-ministro falou sobre auxílio emergencial, vacinação, educação e outros temas. Segundo ele, o Brasil estaria em uma situação melhor caso tivesse elegido outro presidente.