Policiais da 12ª DP (Copacabana) prenderam em flagrante, nessa segunda-feira, um homem suspeito de tentar vender um celular furtado para o próprio dono do aparelho. Cristian Adrian Medrano foi capturado quando negociava a venda do telefone em Copacabana, na Zona Sul do Rio.

O dono do celular relatou à polícia que teve o celular furtado no último domingo, na Praia de Copacabana, e acionou o modo “perdido”, no qual é enviada uma mensagem para o aparelho com um telefone de contato. Ele forneceu o número de um amigo que estava com ele. No mesmo dia, começaram a chegar mensagens de um homem afirmando que estava com o telefone furtado.

O homem, que posteriormente foi identificado como Cristian, afirmou que trabalhava consertando celulares e havia comprado o telefone da vítima. Ao ligá-lo, ele viu a mensagem com a informação de que o celular encontrava-se perdido. Cristian cobrou R$ 500 da vítima, valor que alega ter pagado no telefone. Segundo informações da polícia, na realidade o celular custa aproximadamente R$ 3 mil.

A vítima marcou com Cristian um encontro em Copacabana e acionou a polícia. O homem que tentava vender o celular foi abordado pelos policiais da 12ª DP ao mostrar o celular para a vítima, que reconheceu o seu aparelho. Cristian foi autuado em flagrante pelo crime de receptação.