A Justiça da 52ª Zona Eleitoral julgou improcedente a ação que pedia investigação Judicial e eleitoral, ajuizada pela candidata derrotada Luciene Tonico (MDB) contra o Prefeito eleito Pedro Henrique (PSDB) e seu vice Agrício Pereira (Republicanos).

O Juiz João Henrique Bressan de Souza concluiu que não houve nada que comprovasse o abuso de poder econômico, a capacitação ilícita de sulfrágio e nem a prática de “caixa dois” por parte dos investigados e por isso julgou improcedente a ação.

Luciene Tonico é esposa do ex-prefeito Marcão (MDB), que teve seu mandato caçado por capacitação ilícita de sulfrágio. Ao que parece, a candidata derrotada tentou, sem sucesso, acusar o prefeito Pedro Henrique do mesmo delito do seu esposo.

Em suas redes sociais o prefeito agradeceu pela vitória na justiça – “Iniciamos o nosso mandato com o pé no acelerador, buscando a cada dia fazer mais por Pedra Grande, o resultado disso está na aprovação do nosso mandato. E o nosso trabalho é o que incomoda a quem não aceita que Pedra Grande não é uma cidade para ser chamada de minha, Pedra Grande é do povo e é para o povo que devemos trabalhar. Com o coração grato a Deus e ao povo, seguiremos construindo o futuro que a gente quer”.

O prefeito Pedo Henrique está em seu primeiro mandato, mas já foi vereador por dois mandatos no município de Pedra Grande.