Em conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, Jair Bolsonaro disse há pouco que o ex-presidente Lula deu uma demonstração de apoio a criminosos ao ter intercedido pelos sequestradores de Abílio Diniz.

Na sexta-feira última, Lula afirmou em evento do PT em Maceió que procurou o então presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) para tentar libertar os suspeitos envolvidos no crime.

“Um sequestro… Um sequestro é planejado, pessoal. Ninguém… Ah, vou sequestrar o João aí… Ele vê quem é o João, onde ele mora, a rotina de vida dele, onde vai ser o cativeiro, como vai ser as negociações… Agora, porque o Lula tocou nesse assunto, alguém tem ideia? Ele deu um recado para todos os narcotraficantes e bandidos do Brasil que… Estamos juntos”, disse o presidente da República.

Com informações do O Antagonista