A juíza do Trabalho Ana Luiza Fischer Teixeira de Souza Mendonça afirmou, neste sábado 19, que o programa de trainee 2021 do Magazine Luiza, que aceitará apenas candidatos negros, é inadmissível. A informação é da Folha de S.Paulo.

“Discriminação na contratação em razão da cor da pele: inadmissível”, escreveu a juíza em uma rede social. “Na minha Constituição, isso ainda é proibido”, afirmou a juíza.

A mensagem, que foi publicada pela manhã, foi apagada por volta das 16h.

Ana Luiza é juíza no  Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais (TRT-3) e integrou a comissão de redação da reforma trabalhista do governo do ex-presidente Michel Temer (MDB).

Atualmente, é uma das coordenadoras do Grupo de Altos Estudos do Trabalho (Gaet), do Ministério da Economia.

Fonte: Carta Capital