O MAIS RN, núcleo de planejamento estratégico contínuo da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN), inicia, nesta quinta-feira (30), uma série de pesquisas em campo por todo estado para a elaboração da agenda propositiva do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do RN (CREA-RN). A iniciativa, realizada em parceria com o Instituto Euvaldo Lodi no RN (IEL-RN), é fruto do acordo de cooperação técnica assinado no último mês de abril entre a FIERN e o Conselho.

A equipe do MAIS RN visitará as inspetorias do Conselho nas cidades de Caicó, Mossoró, Assú e Pau dos Ferros para realizar os diagnósticos junto aos inspetores do CREA-RN e a especialistas do ramo das engenharias, agronomia e geociências. Esses diagnósticos servirão para a elaboração de propostas sobre os principais problemas detectados em eixos específicos como obras, legislação, meio ambiente, mercado e serviços, capital humano, financiamento e políticas públicas.

Os trabalhos para a elaboração de uma agenda de desenvolvimento do Rio Grande do Norte junto ao CREA-RN iniciaram, oficialmente, no dia 10 de junho, com a participação do Mais RN e do IEL-RN na abertura do 1º Colégio de Inspetores do CREA-RN, na sede do Conselho.

“Teremos uma dinâmica diferente nessas cidades para confirmar e detalhar as informações que obtivemos no primeiro momento”, explica o gerente técnico do MAIS RN, Pedro Albuquerque. “Será um trabalho essencial para entregarmos um documento robusto e fiel à realidade do CREA em todo o estado”, completa.

Esse documento se assemelha à Agenda Propositiva para o Desenvolvimento do Rio Grande do Norte, produzida pelo Mais RN em 2021, com diagnósticos e ações práticas em diversos setores-chave da economia do estado. Dessa vez, o objetivo é realizar os diagnósticos junto aos inspetores do CREA-RN e a especialistas do ramo das engenharias, agronomia e geociências de todo o estado para a elaboração de propostas sobre os principais problemas detectados nos eixos que englobam obras, legislação, meio ambiente, mercado e serviços, entre outros.

A previsão é que a Agenda de Desenvolvimento do RN seja concluída em agosto, pelo CREA-RN, dois meses antes da eleição de 2022, quando será entregue aos candidatos ao Governo do Estado que estarão na disputa das Eleições de 2022. “Queremos não somente oferecer propostas, mas uma agenda discutida com os nossos profissionais da engenharia, da agronomia e das geociências com o olhar no crescimento econômico, social e ambiental do nosso estado”, explica a presidente do CREA-RN, a engenheira civil Ana Adalgisa Dias Paulino.