A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu neste sábado (21), Matheus Luz, de 21 anos, por agredir a avó, Maria Stela Vasconcelos da Silva, de 76 anos.

Gravações de uma câmera do elevador de um edifício no Leblon, Zona Sul do Rio, mostram Matheus jogando água sobre Maria Stela. Em seguida, ele esmurra o painel do elevador.

Em uma outro vídeo, ao sair do elevador, ele dá um chute e tenta dar um pontapé em um menino.

Os maus-tratos foram denunciados por vizinhos, que contaram que Maria Stela passava boa parte do dia sentada na portaria do prédio, como forma de evitar as agressões.

Em depoimento, segundo apurou a  TV Globo, o neto confessou os maus-tratos. Ele afirmou ainda que chegava a queimar  a avó com pontas de cigarro e disse que batia na cabeça dela com uma garrafa e a chutava.

De acordo com a polícia, Matheus possui histórico de delitos semelhantes, já tendo praticado outros crimes contra a avó, em 2017, e lesão corporal contra a mãe, em 2019.

O rapaz afirma que está desempregado e vive com pensão da avó. Ele disse que passou cinco dias sem dinheiro e por isso o levou a iniciar a agressão registrada por câmera de segurança em elevador.

A Justiça do Rio acatou o pedido de prisão preventiva de Matheus por lesão corporal com violência doméstica, discriminação e humilhação a pessoa idosa.

 

Fonte: G1