Estudos de laboratório mostram que cremes dentais com fórmulas contendo zinco e enxaguantes bucais com cloreto de cetilpiridínio (CPC) neutralizam em até 99,9% o coronavírus, diz a Colgate. Esses produtos de higiene podem matar o vírus na boca de pessoas já infectadas e reduzir a transmissão para outras pessoas.

Os estudos fazem parte de um programa de pesquisa da Colgate-Palmolive que inclui estudos clínicos entre pessoas infectadas, para avaliar a eficácia dos produtos de higiene bucal na redução da quantidade do coronavírus na boca, potencialmente retardando a transmissão do vírus. 

Esses testes são pioneiros em incluir cremes dentais. Os cremes dentais Colgate Total 12® neutralizaram 99,9% do vírus após dois minutos de contato. Os enxaguantes bucais Colgate Total 12®, Colgate Plax® e Colgate PerioGard® tiveram nível de eficácia semelhante após 30 segundos. Os estudos, concluídos em outubro, foram conduzidos em parceria com o Instituto de Pesquisa em Saúde Pública da Universidade de Medicina Rutgers, em Nova Jersey (NJMS) e o Regional Biosafety Laboratories.

Os resultados ainda não foram publicados em revistas científicas e pesquisadores planejam compartilhar os resultados no início de dezembro. Estudos clínicos adicionais patrocinados pela Colgate em cremes dentais e enxaguantes bucais estão em estágios iniciais na Rutgers, no Instituto Albert Einstein e na Universidade da Carolina do Norte, Escola de Odontologia Chapel Hill Adams, com a participação de cerca de 260 pessoas infectadas.

Exame