O peão brasileiro Amadeu Campos Silva, de 22 anos, morreu após um acidente durante uma montaria em touro no evento Velocity Tour, em Fresno, na Califórnia (EUA). Ele chegou a ser levado para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

"É com pesar que informamos o falecimento de Amadeu Campos Silva no Centro Regional Comunitário de Fresno, na Califórnia, onde ele foi transportado após um grave acidente durante montaria na etapa da PBR Velocity Tour", comunicou a página brasileira PBR (Professional Bull Riders).

Amadeu é descrito como uma das maiores promessas do cenário dos rodeios no Brasil. O morador de Altair (SP) foi para os EUA após competir as etapas brasileiras da PRB em 2017 e 2018, seguindo o sonho de ser campeão mundial.

Ao se tornar vice-campeão brasileiro em 2019, ele estreou nos EUA no evento Velocity Tour em Edimburgo, no Texas. No final da temporada 2020 ele conseguiu chegar nas finais do mundial e neste ano tentava novamente o feito.

"Amadeu era uma estrela em ascensão em nosso esporte; um cowboy com tanto potencial dentro e fora da arena. Toda a PRB e este esporte amplia os pensamentos, orações e sinceras condolências à família e amigos de Amadeu", declarou Sean Gleason, comissionário e CEO da PBR. Amigos do jovem também lamentaram sua morte e fizeram homenagens em suas redes sociais.

Fonte: UOL