Um policial militar da reserva foi preso em flagrante, nesta segunda-feira (20), suspeito por violência doméstica. A prisão foi efetuada no município de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. De acordo com a Polícia Civil, o homem teria ameaçado de morte a sua esposa e o seu filho, dizendo que tiraria a vida de ambos com a arma da corporação. Além disso, ele teria quebrado o aparelho celular dela e cometido injúria.

Policiais civis da Delegacia de Plantão de Atendimento a Grupos de Vulneráveis (DPAGV), com o apoio da Polícia Militar, participaram da ação.

Para a prisão, o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), com o seu negociador, também estiveram presentes no local. Uma arma de fogo e munições foram apreendidas pelos policiais.

As vítimas deixaram a residência da família e foram levadas à delegacia, onde prestaram depoimento. Foram solicitadas às Medidas Protetivas de Urgência (MPUs) ao judiciário e realizadas as medidas de proteção previstas na Lei Maria da Penha.

Com informações de Tribuna do Norte