Nesse domingo (19), a potiguar Jardênia Félix, de apenas 18 anos, bateu o recorde das Américas no salto em distância da classe T20 (para atletas com deficiência intelectual), pela segunda fase do Circuito Nacional de Atletismo.

A atleta saltou 5,71m e superou o atual recorde de 5,69m, que também era dela. A distância alcançada por Jardênia também é a maior do mundo, em sua classe, no ano de 2022.

Além do salto em distância, a atleta correu 400m no tempo de 58s76. Nos Jogos de Tóquio, a potiguar também correu os 400m e conquistou a medalha de bronze, com o tempo de 57s43.

Com informações do Agora RN