A oposição está atenta aos últimos episódios na relação entre a Petrobras e o governo federal. A presidente do PT, Gleisi Hoffman, afirmou à âncora da CNN Daniela Lima que não apoiará uma CPI da Petrobras se a comissão for instaurada.

No último sábado (18), o presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que deputados aliados devem pedir na a instauração da Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar a atual gestão da Petrobras, após a estatal anunciar um novo reajuste nos preços dos combustíveis.

“A política de preços é uma política de governo, faz uma assembleia e reverte”, disse Hoffmann. A presidente do PT acrescenta que Bolsonaro faz todo esse barulho porque quer um discurso para o governo e também criminalizar, expor a empresa, para depois facilitar a sua privatização.

A Petrobras anunciou na última sexta-feira (17) um novo reajuste no preço dos combustíveis. A gasolina subiu 5,18%, enquanto o diesel teve acréscimo no preço de 14,26%.

A presidente do PT diz que espera que o Congresso Nacional não se preste a isso novamente, conforme apurou Daniela Lima. O entendimento do PT como todo, é que além de turvar o debate e afastar um pouco a crise do colo do governo, Bolsonaro estaria mirando também a privatização e busca um caminho para não admitir que tem falhado na gestão da estatal, segundo opina a oposição.

Lula deve tratar essa questão por esse viés, por dizer que o governo nao está tendo competência, força e estrutura para lidar com um problema que ele mesmo criou, apurou a âncora da CNN.

Com informações da CNN Brasil