Para equilibrar as contas, o Rio Grande do Norte deve realizar concursos públicos para repor o quadro e equilibrar a relação entre ativos e aposentados; e repassar para cada Poder a responsabilidade pelo pagamento de seus aposentados que não contribuíram para o benefício. As duas sugestões são do senador Jean Paul Prates (PT). 

Em artigo publicado neste domingo (03) na Tribuna do Norte, o parlamentar diz que a relação entre funcionários ativos e inativos no Estado é de quase um para um, "quando o ideal seriam quatro trabalhando para cada aposentado".

O senador diz que "alternativas estão sendo estudadas para atenuar o caos previdenciário" no RN. E adianta que o PT "tem um compromisso já conhecido pela sociedade, o de não penalizar mais ainda os que tradicionalmente menos contrapartidas recebem do Estado". 

Resta esperar se a governadora Fátima Bezerra terá coragem de realizar mais concurso público ou de repassar a conta das aposentadorias para os demais poderes.