O Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio Grande do Norte (Proadi) será mantido e passará por uma modernização, cuja proposta será elaborada com a participação de entidades representativas do setor produtivo, sobretudo a FIERN. É o que garante o secretário de Tributação do Estado, Carlos Eduardo Xavier, durante reunião com o presidente do Sistema FIERN, Amaro Sales de Araújo, realizada na tarde desta segunda-feira (11), na sede da SET.

O secretário de Tributação do RN, Carlos Eduardo Xavier, enfatiza que é necessário modernizar o Proadi e explica que em momento algum pensou em extinguir, mas em revisar para modernizar. Não há como sair da crise sem ser pelo crescimento econômico e precisamos aperfeiçoar os mecanismos que temos para isso”, disse .

Ele explica que está analisando modelos exitosos aplicados em outros estados da região, que possa fazer parte da política de incentivos do Rio Grande do Norte. O novo Proadi será desenvolvido com o apoio e o diálogo com a classe empresarial, por meio da FIERN.

O presidente Amaro Sales ressaltou a importância do Proadi e de manter a competitividade econômica do Estado. O presidente colocou à disposição da SET a equipe de assessoria técnica e jurídica da Federação para colaborar no que for necessário.