A Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa) perderá R$ 15 milhões do seu orçamento para 2019 caso se confirme o corte anunciado pelo governo federal nas instituições de ensino. O total previsto para este ano era de R$ 50 milhões. 

Em entrevista a Tribuna do Norte, o pró-reitor de planejamento da instituição, Álvaro Fabiano, diz que a redução dos recursos pode interromper atividades em todos os campus (Mossoró, Pau dos Ferros, Angicos e Caraúbas).