O pré-candidato a senador Carlos Eduardo Alves (PDT) afirmou nesta quarta-feira (15) que, apesar de ter fechado aliança com o PT no Rio Grande do Norte, seu candidato à Presidência da República será Ciro Gomes (PDT), e não Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A fala de Carlos Eduardo ocorreu durante um evento do PDT em Fortaleza (CE) que contou com a presença de Ciro e do presidente nacional da legenda, Carlos Lupi. Em discurso, Carlos falou sobre sua experiência como prefeito de Natal e descreveu o cenário político do Rio Grande do Norte.

O ex-prefeito de Natal disse que gostaria de ser candidato a governador, mas que o projeto fracassou porque ele foi descartado pela oposição após negar condições para receber apoio. Ele disse que não atendeu ao pedido da oposição para se filiar ao PP e para defender a reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Diante da impossibilidade de seguir com a oposição, disse que recebeu convite da governadora Fátima Bezerra (PT) para ser candidato a senador e aceitou. Mas que isso não atrapalha seu apoio a Ciro Gomes.

“A governadora sabe desde o início que o palanque de Ciro está garantido no Rio Grande do Norte. Antes de ela fazer as consultas, ela foi a São Paulo conversar com Gleisi Hoffman e com Lula, e ambos chancelaram a posição do PT no Rio Grande do Norte. Vamos fazer essa convivência”, disse Carlos Eduardo.

Durante o discurso, Carlos Eduardo ainda rasgou elogios a Ciro. “Ciro tem demonstrado obstinação. É um dos poucos políticos que estudam. A diferença é que ele estuda. Fala com fundamentação e propriedade sobre os problemas e solução para o Brasil. Ciro honra a todos nós e estamos lá no Rio Grande do Norte para que a gente possa – talvez não com o protagonismo de 2018, quando eu era candidato a governador, mas candidato a senadora senador – o 12 vai triunfar”, finalizou.

Veja vídeo:

Com informações da 98 FM