Uma verdadeira baixaria foi o que aconteceu em um cruzeiro que navegava na costa de Nova York e sediou uma briga generalizada após alguns dos participantes viverem um triângulo amoroso. Cerca de 60 pessoas estiveram envolvidas no quebra-quebra nas dependências do navio.

A viagem do Carnival Magic estava perto do fim, após oito dias de navegação pelo Caribe. 

Segundo uma das passageiras, a briga começou por volta das 2 da manhã do dia 28 de junho, quando duas pessoas começaram a se estapear na pista de dança. O motivo foi uma delas ter descoberto uma traição que durou vários dias.

Logo o embate saiu do controle: dezenas de pessoas trocaram socos, chutes, lançaram garrafas e até usaram cadeiras. A confusão dominou toda a área da boate da embarcação e chegou a migrar do quinto para o primeiro andar.

Os seguranças fizeram o que puderam para diminuir o furor do confronto, mas em menor número só restou a eles se jogar no meio do conflito e torcer para os ânimos acalmarem.

A guarda costeira dos Estados Unidos interviu e escoltou o navio até ele atracar em um porto de Manhattan.

Mesmo com o fim da briga, cerca de uma hora depois, policiais da cidade investigaram a ocorrência e levaram alguns feridos sem gravidade para um hospital próximo. A maioria dos ferimentos foi causada por garrafas cortadas usadas como armas na briga.

Alguns dos envolvidos foram banidos por toda a vida de entrar em um cruzeiro da empresa.

Veja vídeo da confusão.

 

Com informações do R7