O vereador de Natal, Aldo Clemente (PDT), defende a liberação do serviço de delivery durante o toque de recolher na capital potiguar. Atualmente a atividade está liberada pelo decreto estadual, mas não foi incluída entre os serviços liberados pela Prefeitura de Natal.

"Acredito que deve ter acontecido algum equívoco. Já entrei em contato com a Prefeitura e fiz um apelo para que o mais rapidamente possível possa ser corrigido. Os restaurantes e bares precisam dessa alternativa para conseguirem manter suas operações. Além disso, o delivery atende à população que está respeitando o isolamento em casa", disse Aldo Clemente.

Ainda de acordo com o vereador, a Prefeitura tem se mostrado sensível às reivindicações da classe produtiva em meio aos problemas causados pela pandemia e há a possibilidade da questão sobre o serviço de delivery ser resolvida rapidamente. No primeiro final de semana com toque de recolher vários restaurantes da capital precisaram interromper o atendimento por delivery por exigência de fiscais que estavam obedecendo às regras do decreto municipal.