O verão é um dos períodos mais aguardados pelos brasileiros, mas os cuidados com a saúde não podem parar. Unir diversão, responsabilidade e bem estar é possível!

Sabe aquelas veias dilatadas que incomodam e que surgem com mais frequência no calor?! Pois é, são varizes, e que podem piorar o quadro e os sintomas nesse período. Dor, ardência, inchaço, sensação de peso, coceira, queimação, dormência e cansaço são algumas das queixas mais comuns entre os pacientes.

As varizes vão além dos fatores estéticos; são veias superficiais dilatadas, sendo mais comuns nos membros inferiores e que apontam problemas de circulação. No verão, devido às altas temperaturas, há piora dos casos, uma vez que o calor provoca a dilatação dos vasos, principalmente em veias e linfáticos.

Segundo a cirurgiã vascular, Dra. Nara Medeiros (CRM/RN 4887), é possível aproveitar a estação com segurança seguindo algumas dicas. “Evitar o excesso de sal, beber bastante líquido, praticar exercícios físicos, manter as pernas elevadas durante o repouso, evitar muito tempo em pé, preferir horários com temperaturas mais amenas (no início da manhã ou fim de tarde) para caminhadas, estão entre as medidas de precaução”, cita Dra. Nara e acrescenta “as meias de compressão também fazem parte, e requer orientação médica. Elas ajudam bastante na redução dos sintomas e no controle dos desconfortos causados pelas varizes”.

Segundo estimativas da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV), há um aumento de 20% a 30% no número de queixas por esse tipo de problema nas pernas durante o verão. E, embora seja mais comum aparecer em pessoas acima dos 40 anos de idade, a doença também atinge jovens na faixa dos 20 e 30 anos, principalmente aqueles com predisposição genética. “O tipo de trabalho e estilo de vida da pessoa também podem influenciar. Ficar muito tempo na mesma posição, por exemplo, dificulta o retorno do sangue das pernas para o coração, aumentando a pressão venosa”, explica a Dra. Nara Medeiros.

Para reduzir os riscos, a indicação é se movimentar e manter seu Check-up vascular em dia. Consulte um médico de sua confiança.