A Globo não poderá ter nenhum profissional na cobertura da decisão da Libertadores, entre Flamengo e Palmeiras, no próximo sábado. O fato ocorre após a Conmebol vetar a emissora carioca, que teria exibido a entrevista da coletiva de Abel Ferreira, técnico do Palmeiras, após a semifinal da competição.

Sem ter profissionais credenciados pela entidade, a exibição da fala do comandante palmeirense aconteceu no programa Troca de Passes, do Sportv, em 28 de setembro, quando o time paulista garantiu vaga para a final ao eliminar o Atlético-MG, em pleno Mineirão.

O veto da Globo também teve validade na decisão da Copa Sul-Americana, entre Athletico-PR e Red Bull Bragantino, com vitória dos paranaenses, no último fim de semana.

A decisão da entidade máxima do futebol sul-americano opta pelo veto pois, por contrato, é proibida a exibição de entrevistas coletivas ao vivo de seus torneios por empresas que não são donas dos direitos de transmissão dos jogos em nenhuma mídia.

Fonte: Yahoo