A Polícia Civil da Bahia informou que Carlos Samuel Costa Filho, 33, que agrediu com socos no rosto a ex-companheira, sem se intimidar por estar sendo filmado por moradores de um prédio, localizado no bairro Nelson Costa, em Ilhéus (BA). As ações ocorreram no mês de junho, mas somente se tornaram públicas esta semana quando o vídeo foi publicado na internet.

A Polícia Civil da Bahia informou à Justiça que agentes não conseguiram localizar o homem até agora e ele já é considerado foragido. Na noite de ontem, a 2ª Vara Criminal de Ilhéus determinou a prisão preventiva de Carlos, acatando pedido do Ministério Público da Bahia.

Logo depois, o mandado de prisão expedido foi enviado à DEAM (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), em Ilhéus, para que policiais dessem cumprimento à ordem judicial. No entanto, Carlos até agora não foi encontrado e nem se apresentou à polícia.

Segundo a DEAM, Carlos tem 11 registros na polícia por violência doméstica praticada contra ex-namoradas e mulheres da família dele. A Polícia Civil informou que o homem chegou a ser preso em flagrante por agredir a mãe, tendo sido liberado em seguida pela Justiça.

Fonte: Uol