A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) encontrou, no último ano, 13.648 gatos, ou seja, ligações clandestinas. A ação irregular prejudica o sistema de abastecimento e é crime previsto no código penal, por esse motivo, a Companhia mantém equipes trabalhando diariamente para investigar denúncias.

Nos últimos 12 meses, a Caern realizou mais de 50 mil fiscalizações em todo o Estado. O furto de água é considerado uma perda comercial para a Companhia, além disso, prejudica o abastecimento, já que essa água deveria ser distribuída apenas para ligações ativas.
“As ações de fiscalização buscam coibir as ligações clandestinas e possibilitar uma melhor distribuição entre os clientes da Companhia”, explica Giordano Filgueira, Superintendente Comercial.

As ligações clandestinas são passíveis de multa, suspensão do fornecimento de água e outras penalidades. As fraudes podem ser denunciadas de forma anônima através da Ouvidoria da Caern através do telefone 0800 84 028100 ou pelo e-mail ouvidoria@caern.com.br.
Em maio do ano passado, a Caern investiu R$ 1 milhão em georadares, para maior fiscalização de ligações irregulares de água. Os equipamentos, além de contribuírem com a distribuição justa da água entre os clientes, possuem o objetivo de diminuir as perdas comerciais da empresa.

Os clientes em débito têm a oportunidade de se regularizar com vantagens especiais até 31 de maio. Na campanha de negociação de débitos a Caern oferece descontos de juros e multa, também permite o parcelamento do saldo devedor em até 60 meses.

A abertura da negociação abrange faturas anteriores a março de 2022. Se o cliente não fizer o pagamento à vista, pode optar pelo parcelamento, caso em que a entrada deve ser de pelo menos 5% do total da dívida, com o saldo podendo ser parcelado em até 60 vezes, desde que o valor da parcela seja, no mínimo, 50% do valor médio da fatura do imóvel.

O cliente pode incluir débitos negociados anteriormente e ainda não saldados, com a entrada mínima de 10% do total do débito. A negociação também pode ser feita pelo cartão de crédito, sem entrada, com isenção de juros e multas, em até 24 vezes e com parcela mínima de R$ 5. Quem quiser aproveitar a oportunidade, pode procurar os canais virtuais da companhia ou ir ao escritório de atendimento mais próximo de sua casa.

Com informações do Agora RN