O presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Wilson Seneme, afirmou nesta quarta-feira que a partir da próxima rodada do Campeonato Brasileiro as linhas de impedimento do VAR serão traçadas ao vivo e exibidas nas transmissões dos jogos.

– A gente vai disponibilizar a construção da linha do impedimento na transmissão ao vivo. Não vai mais enviar a foto da jogada para a transmissão colocar na sequência. A gente entende que quando as pessoas que estão acompanhando a transmissão começarem a acompanhar a construção da linha, vão entender melhor o final dela – disse Seneme.

Também haverá treinamentos específicos para os árbitros de vídeo.

– A gente quer dar treinamento diário para esses árbitros para que possam melhorar essa linha de intervenção, é o que estamos buscando – disse Seneme.

A CBF também afirmou que vai publicar mais vídeos e áudios com os diálogos entre a cabine do VAR e os árbitros de campo. Até hoje, a entidade divulgava apenas vídeos dos lances revisados. Mas agora vai passar a publicar também lances que deveriam ter sido checados e não foram pelo VAR.

– Nós estávamos com um grupo reduzido de trabalho, por isso não publicamos tudo. A partir de agora, podem nos cobrar mais. Essa demanda tem que ser absorvida – disse Seneme.

O presidente da Comissão de Arbitragem da CBF prometeu publicar ainda nesta quarta-feira os vídeos dos lances polêmicos ocorridos no jogo entre Inter e Botafogo, no último domingo.

Com informações do Globo Esporte