A Polícia Militar prendeu dois suspeitos de estuprar um bebê de 4 meses no interior do Rio Grande do Norte. Um adolescente, irmão da vítima, que teria participado do crime também se apresentou à Polícia Civil nesta quinta-feira (8). Um vídeo do crime foi publicado pelos próprios envolvidos ena web. As informações são do G1 RN e da Inter TV Cabugi.

Segundo a Polícia Militar, o crime seria estupro de vulnerável. O caso aconteceu na tarde da quarta (7), em Canguaretama, e foi gravado por um dos envolvidos, depois, compartilhado em redes sociais. O adolescente e outro jovem aparecem na filmagem “manipulando” o órgão sexual do bebê.

Policiais militares identificaram os suspeitos e detiveram dois maiores de idade – de 18 e 20 anos – na manhã desta quinta (8). Eles foram levados à delegacia e um confessou ter gravado as imagens. De acordo com a Polícia Civil, o adolescente compareceu à delegacia de Canguaretama no fim desta manhã. A mãe dele e do bebê também depôs. 

A Polícia Civil informou que o caso está sob comando do delegado José Carlos de Oliveira. Após as investigações, os suspeitos poderão responder por estupro de vulnerável e produção imagens contendo pornografia infantil.

*Com informações de Agora RN