Flávia Tamayo, conhecida como Pâmela Pantera, foi condenada a oito anos de prisão por tráfico de drogas e associação para o tráfico, além de 1200 "dias-multa".

A ex-capa da Playboy de Portugal e garota de programa foi presa em julho do ano passado, em operação da Polícia Civil do Distrito Federal.

UOL teve acesso à decisão do processo, que determina o regime inicial de cumprimento semiaberto e que ainda cabe recurso da defesa.

Além da prática do tráfico, tinha a intenção a agente de se associar para esse específico fim. diz o documento

O processo ainda cita que Flávia oferecia cocaína durante a realização de programas, e "que o tráfico dela era de forma discreta, como uma venda casada, sendo que a pessoa negociava serviço sexual e fornecimento de entorpecente."

Fonte: Uol