Seis unidades do capacete de respiração assistida, Elmo, foram entregues pela FIERN aos hospitais Rafael Fernandes, Liga de Combate ao Câncer e o Hospital Maternidade Almeida Castro, em Mossoró.   A entrega dos equipamentos foi realizada, na tarde de hoje (05), pelo presidente do Sinduscon Mossoró e diretor da FIERN, Sérgio Freire. Cada unidade recebeu dois equipamentos. 

O primeiro a receber o Elmo foi o Hospital Maternidade Almeida Castro. A coordenadora de enfermagem, Patrícia Oliveira, foi quem recebeu os equipamentos. Em seguida, o diretor geral do Hospital Rafael Fernandes, Leonardo Menezes, recebeu as unidades. E por fim, a Liga de Combate ao Câncer, pelas mãos do presidente Paulo Henrique Monte, e do administrador Wamberto Barbosa. 

A iniciativa é uma ação conjunta das Federações das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte, FIERN e do Ceará (FIEC), junto com o Sindicato da Indústria da Construção Civil – Sinduscon Mossoró e o Serviço Nacional de Aprendizagem Indústria (SENAI-RN). Também participou da entrega o supervisor pedagógico do SENAI-RN, Ricardo Alex Paiva. 

O Elmo é um capacete de respiração assistida, desenvolvido no Ceará, não-invasivo e mais seguro para profissionais da saúde e pacientes. Criado em abril de 2020 em uma força-tarefa que envolve uma parceria público-privada, o equipamento inovador surgiu como um novo passo para o tratamento de pacientes com insuficiência respiratória aguda hipoxêmica por Covid-19. 

Acomodado ao pescoço do paciente, o Elmo permite ofertar oxigênio a uma pressão definida ao redor da face, sem necessidade de intubação. Dessa forma, a pessoa consegue respirar com auxílio da pressurização e oferta de oxigênio. O equipamento pode ser desinfectado e reutilizado e possui um custo inferior em relação aos respiradores mecânicos, além de permitir uma maior segurança para os profissionais de saúde, podendo ser usado também para tratar outras enfermidades que comprometem o funcionamento dos pulmões, como pneumonia e H1N1.