A Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN) participou da abertura oficial, nesta quarta-feira (01), da programação comemorativa da Semana do Meio Ambiente, na arena do Parque Estadual das Dunas Jornalista Luiz Maria Alves. Coube ao diretor tesoureiro e presidente da Comissão Temática do Meio Ambiente (COEMA), Roberto Serquiz, representar a entidade na solenidade. “É importante a Federação estar presente em eventos com essas características. Isso reafirma que os empresários são favoráveis à sustentabilidade e que a indústria tem inúmeros exemplos de boas práticas com relação ao meio ambiente”, destacou, ao acompanhar a solenidade.

Ele disse que há equívocos dos que ainda têm visão negativa do setor produtivo em relação ao meio ambiente. “O empresário às vezes é criticado, equivocadamente, com relação a esse aspecto. Mas o fato é que as empresas, cada vez mais, querem trabalhar de forma integrada com o meio ambiente, sem degradar, mas sim de maneira sustentável, tanto que a indústria busca evitar o desperdício, procura utilizar a energia de forma racional e com fontes renováveis”, acrescentou Roberto Serquiz, que também é conselheiro do CONEMA (Conselho Estadual do Meio Ambiente).

Ele argumenta que aspectos importantes envolvem garantias de legislação com custos justos na compensação ambiental, evitar excessos regulatórios e clareza e objetividade na lei que definem obrigações. “É importante, para todos, uma legislação dentro de um patamar que mantenha os investimentos vivos e competitivos, excessos não interessam a ninguém”, comenta.

A governadora Fátima Bezerra abriu oficialmente a Semana do Meio Ambiente, ao lado do secretário estadual da área, João Maria Cavalcante, do diretor geral do Idema, Leonlene de Sousa Aguiar, do vice-governador, Antenor Roberto, deputados e vereadores.

A programação da Semana do Meio Ambiente continua nesta quinta-feira (02), com o projeto “Pegada Ecológica”, promovido pelo Centro Universitário do Rio Grande do Norte (UNI-RN), a partir das 8h. A ação tem como objetivo apresentar aos participantes a metodologia de contabilidade ambiental que avalia a pressão do consumo das populações humanas sobre os recursos naturais.

Na sexta-feira (03), haverá uma Oficina de Terrário, das 8h às 11h, ministrada pela gestora ambiental do Parque das Dunas, Rayssa Dias. O laboratório da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN promove a atividade “Vida Invisível”, das 09 às 16h, no Lago artificial do Parque das Dunas.

No sábado (04), os visitantes do Parque poderão participar da Sessão do Planetário Barca dos Céus da UFRN’, das 9h às 14h. E no período da tarde, a partir das 17h, os usuários do parque vão participar da Projeção Mapeada Casa Mãe Terra, um Projeto do Jornada no Bosque.

Finalizando a “Semana”, no domingo (05), está previsto o passeio Jornada de Bike, realizado pelo Programa Jornada no Bosque, Instituto Casa D’Água, em parceria com o Parque das Dunas e outras instituições.

No período da tarde, ocorrerá a I Feira Criativa do Projeto Mulheres das Dunas, na Rua da Torre (lateral do Parque das Dunas), das 15h às 17h.