O Instituto Euvaldo Lodi do Rio Grande do Norte (IEL-RN) participou, nesta sexta-feira (dia 1º), da assembleia geral da Associação dos Municípios da Microrregião do Seridó Oriental (AMSO). A convite do presidente da instituição, o prefeito de Acari, Fernando Antônio Bezerra, o IEL-RN apresentou o projeto IEL Qualifica, que conta com cursos destinados a servidores públicos.

A reunião, que aconteceu na cidade de Japi, teve participação de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores de municípios seridoenses membros da AMSO. “Além de explicarmos o programa IEL Qualifica, aproveitamos o evento para estreitarmos relacionamento com prefeituras que já atendemos com outros serviços, como o de estágio e de educação executiva e empresarial”, relata Lucas Paiva, agente de negócios do IEL-RN.

“Também recebemos uma nova demanda da Associação do curso de Gestão e Fiscalização de Contratos Administrativos, a ser realizada em agosto. Esperamos que gestores administrativos de cada um dos municípios associados à AMSO participem dessa formação” afirma Paiva.

IEL Qualifica

O programa IEL Qualifica tem foco em gestão pública, com 22 módulos distribuídos em quatro macro áreas: Gestão de Pessoas e Habilidades Interpessoais; Planejamento, Gestão e Política Pública; Execução de Despesas Públicas Orçamentárias; e Gestão de Tecnologia, Informação e Comunicação. A iniciativa visa capacitar líderes, gestores, técnicos e servidores municipais e estaduais.

O Instituto Euvaldo Lodi, entidade integrante do Sistema Federação das Indústrias do Estado Rio Grande do Norte (FIERN), foi criado e instalado para desenvolver a integração indústria-universidade, responsável pela articulação entre o setor produtivo e as instituições de ensino/pesquisa. E atua como um propulsor do desenvolvimento, estabelecendo parcerias e fazendo com que as soluções em gestão, inovação e no desenvolvimento de carreiras, encontrem formas de viabilização nas indústrias, proporcionando não só ganhos em qualidade, mas, sobretudo, aumentos consideráveis na produtividade e rentabilidade do setor produtivo: indústria, comércio e serviço.