As lesões e dores nos ossos podem indicar que sofre de mieloma múltiplo, um tipo de câncer que afeta com maior frequência a medula óssea, o tecido que preenche o interior da maioria dos ossos, ainda que também possa 'atacar' outros órgãos.
 
Contudo, o diagnóstico precoce é muito raro, porque este tipo de câncer não provoca alterações significativas até chegar a um estado avançado. 

"Na maioria das vezes, o doente tem dor, mas como é nas costas e é uma queixa comum, passa por vários médicos e toma vários remédios antes de obter o diagnóstico", explica Nelson Hamerschlak, hematologista e hemoterapeuta do hospital israelita Albert Einstein, coordenador da Pós-Graduação em Hematologia/Hemoterapia e investigador do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, citado pelo jornal Metrópoles. 

A doença afeta os plasmócitos, um tipo de glóbulos brancos, começa por explicar o portal Lusíadas. Estas células produtoras de imunoglobulinas desempenham um papel essencial na defesa do organismo contra infecções. "No mieloma, os plasmócitos tornam-se malignos, aumentando a sua presença e atividade na medula óssea. Como consequência, a imunoglobulina é produzida em excesso (proteína M), o que causa vários problemas no organismo, responsáveis pelos sinais e sintomas da doença", pode ler-se.

A maioria dos casos são diagnosticados em indivíduos com mais de 65 anos, do sexo masculino e com antecedentes familiares de mieloma múltiplo. 

O mieloma pode causar lesões dolorosas nos ossos e desencadear fraturas. As regiões mais frequentemente afetadas tendem a ser a coluna, o crânio e a pélvis. As vértebras são a localização mais frequente de fratura. 

Outros sintomas:

Fadiga;
Falta de força;
Perda de apetite;
Aparecimento de manchas escuras;
Insuficiência renal;
Sangramento fácil de feridas ou outros traumatismos;
Diminuição de sensibilidade;
Paralisia;
Infecções frequentes, sobretudo respiratórias;
Falta de ar;
Febre;
Lesões e dores nos ossos;
Mau funcionamento dos rins;
Sede intensa;
Náuseas;
Prisão de ventre;
Perda de peso.

Tenha em conta que estes sintomas não são exclusivos de mieloma múltiplo. Ou seja, o fato de apresentar um dos sintomas aqui descritos não significa que esteja doente. Em caso de suspeita, deve dirigir-se a um hematologista clínico.

Com informações do Diário Vip