A ativista da causa animal Luisa Mell entrou com um pedido de prisão provisória contra o ex-marido, o empresário Gilberto Zaborowsky. A ação foi protocolada por seu advogado, Angelo Carbone, na tarde de segunda-feira (11), com base na Lei Maria da Penha.

Luisa Mell acusa o ex-marido de abuso psicológico e ameaças. Ela já tem uma medida protetiva contra Zaborowsky, que não pode se aproximar a menos de 500 metros da ativista, nem entrar em contato com ela.

Porém, segundo Carbone, essa medida não foi suficiente e Zaborowsky continua procurando Luisa e fazendo ameaças à sua integridade física por meio de telefonemas sem identificação.

"Há o temor que ele venha a agredi-la fisicamente ou até matá-la", diz o documento protocolado pelo advogado de Luisa.

Na ação, o advogado também afirma que Zaborowsky "é dependente de drogas e com um poder incalculável financeiro, aduz que vai fazer justiça com as próprias mãos".

Fonte: G1