David Brooks, meio-campista galês do Bournemouth, anunciou um afastamento por tempo indeterminado dos gramados após ter sido diagnosticado com Linfoma de Hodgkin, um tipo de câncer que afeta o sistema linfático.

O diagnóstico foi feito pelo departamento médico do Bournemouth na manhã dessa quarta-feira (13), após o jogador reclamar de cansaço. O clube inglês confirmou que Brooks será submetido a um tratamento na próxima semana.

Aos 24 anos, Brooks deixou uma mensagem em seu Twitter oficial comunicando a sua situação:

"Esta é uma mensagem muito difícil para eu escrever. Fui diagnosticado com Linfoma de Hodgkin - Estágio II e começarei um curso de tratamento na próxima semana.

Embora tenha sido um choque para mim e minha família, o prognóstico é positivo e estou confiante que vou me recuperar totalmente e voltar a jogar o mais rápido possível.

Gostaria de agradecer aos médicos, enfermeiras, consultores e funcionários que me trataram pelo seu profissionalismo, cordialidade e compreensão durante este período. Quero agradecer a todos na Federação de Futebol do País de Gales porque, sem a rápida atenção da sua equipa médica, poderíamos não ter detectado a doença.

Também gostaria de agradecer ao AFC Bournemouth por todo o apoio e assistência na semana passada. Embora aprecie a atenção e o interesse da mídia, gostaria de pedir que minha privacidade seja respeitada nos próximos meses e compartilharei atualizações sobre meu progresso quando puder.

Enquanto isso, obrigado a todos por suas mensagens de apoio - isso significa muito e continuará a ser nos próximos meses. Estou ansioso para vê-los novamente e praticar o esporte que amo em breve."

Fonte: UOL