O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro afirmou nesta sexta-feira (22) que “a verdade foi dita e comprovada”. A mensagem foi publicada nas redes sociais após a divulgação do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril – citada por ele como prova de suposta tentativa de interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

“A verdade foi dita, exposta em vídeo, mensagens, depoimentos e comprovada com fatos posteriores, como a demissão do DIretor Geral da PF e a troca na superintendência do RJ. Quanto a outros temas exibidos no vídeo, cada um pode fazer a sua avaliação”, escreveu.

Fonte: CNN Brasil