Para ajudar no combate à Covid-19, o Instituto Nacional de Controle de Medicamentos da República Tcheca publicou uma autorização de distribuição e uso temporário da ivermectina.

O texto aponta que o HUVEMEC 3 mg deve ser usado apenas em pacientes hospitalizados com mais de 18 anos de idade, desde que dados muito limitados sejam considerados para a eficácia na indicação do tratamento para COVID-19″.

Além disso, estabelece que os médicos devem “estar ciente dos possíveis benefícios e riscos desse tratamento (as fontes de informação são fornecidas, por exemplo, na justificativa desta medida)”e também “informar ao paciente que ele será tratado com um medicamento não-registrado e informá-lo sobre os benefícios e riscos do tratamento”.

Como justificativa para liberação, o instituto afirma que “devido ao seu bom perfil de segurança, um potencial efeito clínico, embora fortemente não comprovado, no tratamento da COVID-19, a ivermectina representa uma possível alternativa no tratamento de pacientes hospitalares com COVID-19”.

ALém disso, também aponta que “o uso de ivermectina também foi amplamente introduzido no Peru, onde uma redução na mortalidade por COVID-19 foi observada após a introdução do uso generalizado de ivermectina (no entanto, esta é uma correlação indireta que o Instituto relatou para completar as informações)”.

Pleno News