O príncipe Harry e sua mulher, Meghan Markle, romperam totalmente os laços profissionais com a família real britânica nesta sexta-feira (19) ao afirmar à rainha Elizabeth II que não voltarão a trabalhar como membros da monarquia.

Harry e Meghan estão esperando seu segundo filho. No ano passado, eles anunciaram que planejavam se afastar de suas funções na realeza.

Em nota, o Palácio de Buckingham afirmou que “O duque e a duquesa de Sussex confirmaram à Sua Majestade que não retornarão como membros trabalhadores da família real. Após conversas com o duque, a rainha confirmou por escrito que, ao se afastar do trabalho da família real, não é possível continuar com as responsabilidades e deveres inerentes a uma vida de serviço público”.

A nota ainda destaca que “as nomeações militares honorárias e patrocínios reais” de ambos serão “devolvidos à Sua Majestade, antes de serem redistribuídos entre os membros trabalhadores da família real”. O comunicado finaliza com a informação de que  “o duque e a duquesa ainda são membros queridos da família”.

Um porta-voz do casal declarou que eles seguem comprometidos com o serviço. "O duque e a duquesa de Sussex continuam comprometidos com seu dever e serviço ao Reino Unido e ao redor do mundo, e ofereceram seu apoio contínuo às organizações que representaram, independentemente de sua função oficial", afirmou o porta-voz.

Fontes: G1 e IstoÉ