A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo apura a conduta de um professor de uma escola estadual de Campinas (SP) que mandou uma foto nu para um grupo de alunos do 7º ano do Ensino Fundamental. O caso aconteceu ontem e o docente será afastado até o esclarecimento do caso. Os pais das crianças estão indignados, alegando que os filhos estão "em choque". O homem afirma que enviou a foto por engano "ao grupo errado".

A mãe de uma aluna, que pediu para não ser identificada, contou ao UOL que a filha, que estuda na Escola Estadual Gustavo Marcondes, no bairro Taquaral, foi surpreendida ao ver no grupo mensagens consideradas 'estranhas' do professor de artes.

O docente A. G. enviou, às 7h45, três mensagens fazendo referências ao naturismo (prática em que as pessoas ficam nuas), e na sequência uma foto em que aparece nu segurando um copo de achocolatado com a frase "bom dia, pelados. Com achocolatado gelado e corpo pelado. Ótimo dia de chuva a todos. Beijos, pelados". 

"Minha filha veio correndo falar comigo e mostrou a foto. Ela ficou sem reação, com muita vergonha. Eu peguei o celular dela e saí do grupo na hora", disse a mãe. Outros alunos também tomaram a mesma atitude. 

Um boletim de ocorrência foi registrado na 1ª Delegacia de Defesa da Mulher da cidade por uma outra mãe. O docente é investigado por divulgar fotos e vídeos contendo pornografia envolvendo criança ou adolescente (artigo 241-A do Estatuto da Criança e do Adolescente). 

Fonte: Uol