Buscando fortalecer a integridade corporativa do Sistema Indústria potiguar, o Programa Corporativo de Compliance da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN) deu início a uma ação de due diligence, ou diligência prévia, dos fornecedores do Sistema FIERN. A tarefa consiste em verificar e monitorar a integridade corporativa das empresas que fornecem produtos e serviços para as casas do Sistema Indústria no estado (FIERN, IEL-RN, SESI-RN e SENAI-RN).

A diligência prévia é um dos pilares de sustentação do Programa de Compliance. “Não adianta cobrar a integridade dos colaboradores, quando os fornecedores também devem seguir um código de ética e conduta”, afirma a gestora do Compliance do Sistema FIERN, Gabriella Rebouças.

Para verificar a integridade dos fornecedores, é realizado um questionário preliminar junto às empresas sobre as questões de ética e conduta corporativa. Em seguida, de acordo com a pontuação no questionário, são levantados informações e documentos do histórico jurídico e realizado um relatório da integridade e reputação da empresa.

Esse processo foi apresentado para a equipe da Unidade Jurídica e de Contratos do Sistema FIERN, em um treinamento realizado pelo Compliance. “Caso algum fornecedor ultrapasse a nota de corte no questionário, a área de Compliance faz esse levantamento de informações e orienta a unidade responsável pela elaboração de contratos com os fornecedores sobre as ações necessárias”, explica Gabriella.

Programa de Compliance

Formada por pessoas, sistemas e processos, a Gestão do Programa Corporativo de Compliance estabelece procedimentos para prevenir, detectar e remediar riscos relacionados ao cumprimento de leis e regulamentos sob a perspectiva da ética e da integridade.

O Compliance é a área responsável por verificar se todos os setores do Sistema FIERN estão trabalhando de acordo com normas internas e as leis e regulamentos externos, de forma a evitar situações que possam enfraquecer a Entidade no mercado e abalar sua credibilidade. Para isso, o Programa estabelece a imagem que a empresa quer passar e seu comprometimento em buscar soluções antes que o problema apareça.

Nos últimos anos, os Programas de Compliance passaram a representar uma vantagem competitiva relevante. Os agentes do mercado tendem a preferir contratar com empresas que apresentem uma estrutura bem delineada de Compliance, uma vez que ela confere maior segurança às operações.

A iniciativa estimula a atração de investidores e investimentos; atua na identificação de riscos e prevenção de problemas; atribui ganho de credibilidade; melhoria da eficiência e qualidade dos serviços/produtos; aumento da governança; consolidação de uma cultura organizacional; maior sustentabilidade; além da correção efetiva de não-conformidades.