O presidente Jair Bolsonaro (PL) utilizou suas redes sociais para criticar o PT, após a Veja ter divulgado vídeos da delação premiada de Marcos Valério onde o mesmo relata a proximidade dos petistas com a facção criminosa PCC. Segundo Valério, a legenda recebia recursos do PCC.

Apesar de não citar o fato, Bolsonaro disse que "não há dúvidas de que o crime tem Lula como aliado e a mim como inimigo, o que muito me orgulha. Com ele eram diálogos cabulosos. Comigo são recordes de apreensão de drogas e prejuízos às facções. Ele quer esses "jovens" soltos. Eu quero que esses bandidos apodreçam na cadeia".

Confira abaixo.