Os 12 pacientes com Covid-19 transferidos hoje (18) de Manaus terão seus exames submetidos a sequenciamento genético para identificar a possibilidade da chegada de uma nova variação do coronavírus ao Rio Grande do Norte. A informação foi dada pela governadora Fátima Bezerra (PT), que postou hoje cedo, em suas redes sociais, a chegada desses pacientes.

Nos últimos dias, pesquisadores tem alertado para uma nova variante do coronavírus descoberta na capital do Amazonas, que, segundo estudo da Universidade de São Paulo (USP), tem mais potencial de transmissão e reinfecção.

Nesta semana, o Ministério da Saúde brasileiro já notificou outros países sobre a cepa do vírus da COVID-19 com mutações, denominada de B.1.1.28.

Este é o protocolo padrão da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a identificação de novas cepas do coronavírus, como a de Manaus. No aviso brasileiro, os 196 países signatários do Regulamento Sanitário Internacional (RSI) foram notificados sobre a descoberta.

"Seu objetivo [do RSI] é ajudar a comunidade internacional a prevenir e responder a graves riscos de saúde pública que têm o potencial de atravessar fronteiras e ameaçar pessoas em todo o mundo", declarou o ministério, em nota.